Livros
Mucky, o sagui

Autora: Lívia Botár Ilustrações: Rogério Coelho

Edição comemorativa do Projeto Mucky*

NÃO AO TRÁFICO!

Mucky, o sagui Conheça a história (real!) desse macaquinho que esteve em perigo e deu início a um projeto superlegal que leva seu nome
Manoella Oliveira  Planeta Sustentável- 19/07/2013
menos aA mais

Mucky era um macaquinho que vivia com sua família na Mata Atlântica, num lugar tão bonito que parecia fazer parte de um conto de fadas. Lá, tinha um clima gostoso, havia muito espaço para brincar, árvores para pular de galho em galho e bichinhos para comer. Tudo ia muito bem até que, um dia, um homem pegou o macaquinho e o trancou numa gaiola. Foram dias de viagem num caminhão escuro, com cheirinho ruim e vários outros animais por perto, todos presos.

Quando finalmente viu a luz do sol de novo, o sagui estava num lugar estranho, barulhento, e muitos dos animais que estavam com ele no caminhão haviam morrido de fome e de tristeza.

A saúde de Mucky também estava frágil. Ficar naquela gaiola apertada, sem se mexer, recebendo pouca comida o deixou fraquinho, fraquinho. E foram nessas condições que ele chegou à cidade, onde um homem o comprou do traficante de animais para dar de presente à filha.

A menina ficou encantada com o sagui! Ele era bonitinho, parecia esperto e tinha um rabo bem comprido, embora coubesse na palma da mão. Muito feliz, ela resolveu tirá-lo da gaiola e foi a maior confusão! Com a fome que estava e a saudade de se sentir livre, ele pulou por todo lado, quebrou objetos e comeu todas as frutas que viu. Resultado: de volta para a gaiola.

O sagui não sabia como agir na cidade, ainda mais dentro de uma casa! Como todo animal silvestre, ele não sabe viver em outro lugar que não seja seu habitat natural. Isso acontece com todos os bichos que não são domésticos, afinal, mico, papagaio, arara e jabutis não são como cachorros e gatos, eles precisam morar no meio da natureza.

Infelizmente, no Brasil, muitas pessoas ganham dinheiro contrariando essa regra. São os traficantes de animais silvestres, que tiram pássaros, macacos e vários outros do seu lar e vendem por um preço muito alto. A maioria deles morre no caminho entre a mata e a cidade por causa dos maus-tratos. Nosso país está entre os piores do mundo nesse assunto. Muito triste! A única maneira de ajudar é não comprar esses bichinhos e fiscalizar quem faz esse comércio ilegal.

Logo, a menina já havia enjoado de Mucky, que estava largado junto às bonecas velhas. Assim, o pai da menina deu o sagui para um desconhecido que o entregou para uma moça. Foi ela que descobriu o quanto o macaquinho estava estressado e doente e também quantos outros saguis tiveram o mesmo destino. Assim, ela criou um lugar para cuidar desses animaizinhos que chegavam para tratamento com o rabo cortado e os dentes serrados. Sabe por quê? Para não derrubar nem morder nada nas casas onde moravam.

Esse foi o início do Projeto Mucky* que reúne uma centena de saguis, entre eles os dez netos de Mucky, que morreu em 1997. Saiba mais sobre esta superiniciativa em seu site e ajude a salvar a vida dos saguis! Lá você encontra este e outros livros sobre animais silvestres.

*Projeto Mucky

comments powered by Disqus
Uma iniciativa pelo Planeta

O Planeta Sustentável é um projeto do Grupo Abril para fornecer conhecimento sobre sustentabilidade. Especialmente para as gerações futuras é que existe o Meu Planetinha: uma abordagem infantil sobre o assunto. Se você é pai, mãe ou professor, conheça o conteúdo das publicações da Abril sobre a temática em www.planetasustentavel.com.br

Fechar
  • Patrocínio

© Meu Planetinha

mantido sob licença pela Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados

Fale conosco

Entre em contato com o Meu Planetinha utilizando o formulário abaixo: Nome: E-mail: Assunto: Fechar