Fique ligado
Márcio Sartorello Os idosos e as crianças

convivência

Os idosos e as crianças As escolas estão atentas ao jeito como você trata os (bem) mais velhos e apresentam ideias legais para aproximar duas gerações que têm tudo para se divertir juntas
Planeta Sustentável01/10/2009 Manoella Oliveira
menos aA mais

“Seu” Caetano, um senhor que já tem mais de 80 anos, costuma visitar a Emei - Escola Municipal de Educação Infantil - Professor Ignácio Henrique Romeiro para passar um tempo com os alunos. Um dia, há cerca de oito anos, ele ligou, se apresentou e foi até o colégio contar as histórias de quando era criança, em uma das classes. Foi tão legal que a direção o convidou novamente, mas, dessa vez, para conversar com todos os alunos.

A partir daí, ele passou a ir à escola ensinar a cuidar das plantas, a fazer compostagem e a plantar árvores. Com um xodó especial pela bananeira que cultiva com a ajuda das crianças. Esse senhor é uma das inspirações e dos participantes do “Projeto Intergeracional”, que ensina os pequenos a valorizar o idoso e, como o próprio nome (aparentemente complicado) já diz, propõe uma troca de aprendizado entre gerações.

Assim, os idosos são convidados a visitar o colégio em datas especiais para cantar, dançar, conversar e até construir brinquedos. É isso mesmo! No Dia das Crianças do ano passado, os senhoras e senhores de um grupo de convivência se uniram às mães dos alunos para criar brinquedos feitos de maneira sustentável que foram entregues junto a saquinhos de guloseimas aos alunos da escola inteira.

Para não ficar para trás, os alunos também se apresentam para os idosos e visitam casas de repouso. O primeiro projeto das crianças foi uma bandinha, mas, habilidosos que são, eles também cantam. “O carinho que eles têm com os idosos é espontâneo. Todo mundo fica feliz: os idosos e as crianças. É uma troca de energia muito grande. Queremos que eles cresçam assim, respeitando os idosos”, diz Huguetti Davini, diretora da Escola.

APRENDIZADO
A valorização dos mais velhos é o principal objetivo do “Projeto Intergeracional”. A proposta nasceu de uma conferência realizada em São Paulo, há alguns anos, sobre o tema quando os idosos relataram que se sentiam desrespeitados. Participante do evento, a diretora resolveu tomar uma iniciativa para mudar essa realidade. Assim, começaram a surgir as rodas de conversa em sala de aula, as visitas às casas de repouso e a contação de história que envolviam “vovós” e idosos no geral.

O resultado foi super positivo: quando os idosos vão visitar as crianças, elas fazem questão de preparar o lanche. Outro acontecimento bacana aconteceu quando a calçada estava esburacada. Os alunos, quando foram passear pelas redondezas para avaliar as condições da rua, observaram que a região estava muito suja, com lixo nas ruas e na quantidade de buracos que poderia prejudicar os idosos. “Eles mesmos perceberam que era muito perigoso para os idosos andarem por ali porque eles podiam cair e se machucar”, conta Huguetti.

Assim, em mais uma mostra de atitude, as crianças escreveram uma cartinha para o subprefeito, pedindo melhorias que incluíam até uma rampa para os idosos poderem circular com segurança. O pedido foi atendido do jeito que a meninada pediu. Bacana, né? E o que você poderia fazer para cooperar com os idosos?

VOLUNTÁRIOS
O Colégio Palmares, de São Paulo, resolveu dar um empurrãozinho para seus alunos a partir do Departamento de Ação Social, que reúne alunos a partir do 8º ano para visitar asilos e creches. Os estudantes fazem brincadeiras, bingos, teatro e uma série de entretenimentos e, uma vez por mês, auxiliam no incentivo de recolhimento de mantimentos que são doados às seis entidades vinculadas.

Os participantes recebem orientação de uma assistente social que trabalha no Departamento sobre o que vai ser visto, feito e dá noções de respeito aos idosos e à criança. Não há qualquer tipo de benefício extra em termos de pontuação ou bônus escolar. Quem pratica as ações o faz por generosidade. E isso é que é legal!

“O grupo é bastante heterogêneo. Tem quem prefira trabalhar com idosos, os tímidos que preferem observar e os mais expansivos que fazem teatro, brincadeiras e se expõem muito mais. Cada um ajuda da maneira que pode, o que é muito positivo. O que existe em comum entre eles é o olhar para o outro”, diz Ana Lúcia Bapchelli, assessora de coordenação do Palmares.

A data faz parte do calendário escolar, mas não há nenhuma celebração especial no dia 1º de outubro. Aliás, nós, do Meu Planetinha, tivemos grande dificuldade em encontrar ideias legais para contar para vocês. E isso não é nada animador já que, de acordo com pesquisas, o país está envelhecendo e, nos próximos 50 anos terá mais idosos do que jovens de 15 anos...

Você não acha que já passou da hora de pensar em como podemos contribuir para uma troca bacana entre as gerações? E os professores? Não seria bom incluírem, com mais frequência, os idosos no tema cidadania, em sua programação de aulas? Qual é sua sugestão para mudarmos essa realidade?

Se conhecer alguma história legal que envolva idosos e crianças, conte aqui e partilhe com os leitores do Meu Planetinha.

Leia também:
Idosos, com todo respeito
O Brasil cada vez mais velho
Cidadania não tira férias
Idosos no Japão: O troféu encolheu

Comentários:
09/02/2012 às 22:50

Olá, sou profª de Língua Portuguesa e Literatura em Jacobina-Ba. Estou desenvolvendo um projeto com os mesmos propósitos: resgatar o respeito, a atenção e o carinho das crianças pelos mais velhos, envolvendo principalmente aqueles velhinhos que moram em asilos. Vou apresentar a idéia aos meus alunos de 2º ano, EF e aos do 8º, 9ºEF e todo ensino médio. Tenho lido outros projetos para implementar o nosso. Sinto que vai algo inesquecível para todos nós. É isso, gostaria de compartilhar a idéia. Aceito sugestões.Um abraço.

25/01/2012 às 13:04

OLÁ , SOU PROFESSORA DE GEOGRAFIA E AMO MUITO AS PESSOAS IDOSAS, POR ISTO ESOU PROCURANDO MATERIAL PARA DESENVOLVER UM PROJETO SOBRE O IDOSO NA ESCOLA. ACHEI DE MUITA VALIA O SEU TEXTO VOU UTILIZÁ-LO. SE TIVEREM MAIS ALGUM MATERIAL PODEM ME ENVIAR.UM GRANDE ABRAÇO E EFELICIDADES,

21/03/2011 às 19:30

presiso de uma historia


Deixe aqui seu comentário: Seu nome:


Seu e-mail:


Texto:


enviar
Uma iniciativa pelo Planeta

O Planeta Sustentável é um projeto do Grupo Abril para fornecer conhecimento sobre sustentabilidade. Especialmente para as gerações futuras é que existe o Meu Planetinha: uma abordagem infantil sobre o assunto. Se você é pai, mãe ou professor, conheça o conteúdo das publicações da Abril sobre a temática em www.planetasustentavel.com.br

Fechar
  • Patrocínio

© Meu Planetinha

mantido sob licença pela Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados

Fale conosco

Entre em contato com o Meu Planetinha utilizando o formulário abaixo: Nome: E-mail: Assunto: Fechar