Fique ligado
Divulgação/Naia Carta da Terra: ideias para um mundo melhor

cuidando do planeta

Carta da Terra: ideias para um mundo melhor Criada durante a conferência Eco92, no RJ, a Carta da Terra reúne os princípios básicos para construirmos um mundo melhor e, em 2012, completa 20 anos. Para celebrar essas duas décadas de existência, o Dia Mundial da Terra e a realização da Rio+20, que tal aprender mais sobre esse documento tão importante?
Débora Spitzcovsky - Edição: Mônica Nunes  Planeta Sustentável- 19/04/2010 - Atualizado em 20/04/2012
menos aA mais

Vivemos em sociedade e, por isso, não tem jeito: nossas atitudes atingem não só a nós mesmos como também às pessoas que nos cercam, além daquelas que viverão depois da gente (as futuras gerações). 

Neste 22/04, a Terra completará 42 anos de vida, mas, por conta das nossas atitudes - que não andam muito exemplares - sobreviver no planeta está cada vez mais difícil. Falta água, casa e comida para muita gente, os animais e as plantas estão sendo maltratados pelo homem - e, até mesmo, extintos - e, como se não bastasse, desrespeitamos uns aos outros, com palavras e atitudes violentas. 

Muita coisa está errada, mas existe um documento, chamado Carta da Terra, que mostra como todos nós podemos transformar o planeta em um lugar muito melhor para se viver - e a tarefa não é tão complicada quanto parece

Como o próprio nome diz, a Carta da Terra é uma espécie de simulação do que o planeta diria para todos os seus habitantes, caso tivesse essa chance. Ao todo, são 16 atitudes que todos deveríamos adotar para viver melhor, baseadas em quatro princípios essenciais:
- respeito ao próximo;
- respeito ao meio ambiente;
- igualdade social e econômica e
- democracia. 

ERA UMA VEZ...
A Carta da Terra foi criada por conta de uma recomendação feita pela ONU - Organização das Nações Unidas, em 1987, no relatório Nosso Futuro Comum, de autoria da diplomata norueguesa Gro Harlem Brundtland, que alertava para a necessidade de um texto que mostrasse à população formas de construir um mundo melhor no século XXI, rumo ao chamado desenvolvimento sustentável

A partir daí, especialistas se mobilizaram e fizeram a primeira versão da Carta em solo brasileiro, em 1992, durante a Conferência Rio92. Oito anos depois, em 2000, após um processo participativo que ouviu milhares de pessoas, de todos os continentes, foi lançada a versão final da Carta, em Haia, uma cidade dos Países Baixos, na Europa. 

Hoje, existe uma comissão mundial que representa a Carta da Terra, a Earth Charter Initiative, que trabalha para disseminar as ideias do documento. Pessoas comprometidas, de várias partes do mundo, fazem parte da Comissão, entre elas a queniana Wangari Maathai, que ganhou o Prêmio Nobel da Paz em 2004, Maurice Strong, que foi secretário-geral da Rio92, e os brasileiros Leonardo Boff e Oscar Motomura. E não só eles, mas também governos, empresas e ONGs de todo o mundo estão realizando iniciativas para disseminar a Carta da Terra, em busca de um mundo melhor. 

Este ano, em junho, a Carta da Terra completará dez anos. No mesmo mês, acontecerá no Rio de Janeiro a Rio+20 - Conferência da ONU sobre Desenvolvimento Sustentável que, entre outras questões, fará uma avaliação do rumo que a sociedade tomou nas últimas duas décadas, desde a Rio92. Que tal se sintonizar com esse momento e adotar algumas atitudes propostas pela Carta da Terra? Incentive seus pais e professores a fazer o mesmo!  

Para ajudá-lo, reproduzimos, nos links abaixo, a linda versão infantil da Carta da Terra, elaborada pelo Naia - Núcleo dos Amigos da Infância e da Adolescência, em parceria com a Unicef e o governo do Rio Grande do Sul:
- O que podemos fazer
- Os princípios 

*Earth Charter Initiative 
*Naia

comments powered by Disqus
Uma iniciativa pelo Planeta

O Planeta Sustentável é um projeto do Grupo Abril para fornecer conhecimento sobre sustentabilidade. Especialmente para as gerações futuras é que existe o Meu Planetinha: uma abordagem infantil sobre o assunto. Se você é pai, mãe ou professor, conheça o conteúdo das publicações da Abril sobre a temática em www.planetasustentavel.com.br

Fechar
  • Patrocínio

© Meu Planetinha mantido sob licença pela Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados

Fale conosco

Entre em contato com o Meu Planetinha utilizando o formulário abaixo: Nome: E-mail: Assunto: Fechar