Bichos
Ilustrações: Sabrina Eras

Zoo

Por dentro do Zoo Você tem ideia de como esse tipo de parque funciona? Confira
Julia Moióli  Revista Recreio- 13/03/2009
menos aA mais

[img1]

Berçário
Filhotes doentes ou que não têm pais ficam no berçário e recebem vacinas, atenção constante, alimentos especiais e até mamadeira! Quando vão crescendo, os pequenos vivem em áreas próximas às dos adultos, para que todos acostumem a conviver.

[img2]Decoração caprichada
Os biólogos tentam criar lares parecidos com o habitat de cada bicho. Para isso, planejam todos os ambientes e escolhem até plantas, pedras e tipos de solo. Os macacos, por exemplo, precisam de locais abertos, com árvores. Os leões têm de ter pequenas cavernas e espaços escuros onde possam descansar. Já os hipopótamos curtem um bom lago. Eles passam a maior parte do dia na água.

[img3]

Plantão médico
Já pensou como é complicado tratar o dente de um tigre ou vacinar um gorila? Para atender essa turma especial, há um hospital veterinário com farmácia, salas de cirurgia e laboratório. Alguns pacientes aprendem até a mostrar as patas para serem examinados. Se o problema é simples e o animal é grande, os veterinários cuidam dele em seu recinto. Afinal, não é fácil transportar um elefante.

[img4]

Hora da faxina
Cada bicho tem seu jeito de cuidar da higiene. Macacos tiram piolhos uns dos outros e o elefante usa a tromba para jogar água no próprio corpo. Muitos nadam para se refrescar e se lavar e, às vezes, precisam de uma ajuda extra dos tratadores. Todos os dias, uma equipe cuida da limpeza da casa dos animais, recolhendo restos de comida e cocô.

[img5]

Salvando espécies
Vários bichos do zoológico são de espécies que correm risco de extinção. Uma das funções do zoo é ajudar a preservá-las. Pesquisadores estudam os animais e há programas que preparam os filhotes para serem levados ao seu habitat natural e viverem livres na natureza.

[img6]

Oba... Comida! Imagine cuidar de um restaurante para leões, ursos e jacarés. Existe uma equipe responsável só pela comida. Tigres comem carne, já gorilas preferem frutos. Alguns comem de dia, outros à noite. E há os caçadores, como as serpentes, que ganham ratinhos vivos. As onças completam o lanche com peixes que pegam nos laguinhos.

[img7]

Diversão geral!
Sem inimigos, secas ou caçadas, a vida no zoo pode ser sossegada até demais. Para evitar
que os bichos fiquem entediados e até doentes, alguns zoos têm atividades especiais. Tratadores escondem comida e objetos com cheiros diferentes para que eles explorem o ambiente.

VAI AO ZOO?
Procure visitar com monitores para aprender mais.
Não ligue aparelhos de som para não perturbar os animais.
Junte embalagens e jogue nos recipientes indicados.
Não grite nem jogue objetos nos animais.
Não dê comida aos bichos. Eles podem ficar doentes.
 
CONSULTORIA: ZOOLÓGICO DE PORTO ALEGRE, ZOOLÓGICO DE GUADALAJARA (MÉXICO)e HELENA B. OLIVEIRA (zoóloga do Serviço de Mamíferos do Jardim Zoológico de Brasília).

 

comments powered by Disqus
Uma iniciativa pelo Planeta

O Planeta Sustentável é um projeto do Grupo Abril para fornecer conhecimento sobre sustentabilidade. Especialmente para as gerações futuras é que existe o Meu Planetinha: uma abordagem infantil sobre o assunto. Se você é pai, mãe ou professor, conheça o conteúdo das publicações da Abril sobre a temática em www.planetasustentavel.com.br

Fechar
  • Patrocínio

© Meu Planetinha mantido sob licença pela Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados

Fale conosco

Entre em contato com o Meu Planetinha utilizando o formulário abaixo: Nome: E-mail: Assunto: Fechar