Notícias
cultura de paz

William Ury fala sobre mediação de conflitos em SP

Redação* - Planeta Sustentável - 18/09/2013

[img1]

[box-leia]

*Colaborou Jéssica Miwa

A convivência humana sempre foi grande desafio para a sociedade. Diferentes culturas foram - e ainda são - fatores que desgastam relações comunitárias. Por conta disso a ONU - Organização das Nações Unidas criou, em 1999, a Declaração da Cultura de Paz.

Em 19/09, às 19h, William Ury*, cofundador do Programa de Negociações de Harvard e criador do projeto O Caminho de Abraão, debaterá sobre o assunto para docentes, empresários, vereadores e prefeitos na palestra "Cultura de Paz: Como mediar conflitos em sua vida pessoal e profissional", em São Caetano do Sul/SP.

SOBRE WILLIAM URY
Autor dos bestsellers "Como chegar ao sim" e "Supere o não", que foram traduzidos para mais de trinta línguas, Ury ajudou os governos americano e soviético a evitar uma possível "guerra nuclear acidental" nos anos 80.

Durante os trinta anos, analisou os conflitos da Indonésia, Venezuela, África do Sul, Iugoslávia e Oriente Médio. "A humanidade está caminhando para uma era em que os conflitos serão resolvidos na base da conversa", acredita o especialista.

Seu projeto mais recente é O Caminho de Abraão*, instituição internacional que inspira e promove a criação de uma trilha de peregrinação que remonta os passos do profeta Abraão no Oriente Médio. O objetivo é servir como plataforma neutra para a aproximação de pessoas, entendimento entre culturas, preservação de locais históricos e do meio ambiente, e desenvolvimento comunitário voltado ao turismo e sustentabilidade.

*O Caminho de Abraão
* William Ury