Notícias
Fernando Frazão Na véspera do Dia Mundial Sem Carro, Rio lança mapa para incentivar o uso da bicicleta na cidade
mobilidade

Na véspera do Dia Mundial Sem Carro, Rio lança mapa para incentivar o uso da bicicleta na cidade

Redação - Edição: Carolina Pimentel - Agência Brasil - 24/09/2012

Na véspera do Dia Mundial Sem Carro, foi lançado o mapa cicloviário com o intuito de incentivar o uso da bicicleta na cidade. O mapa traz rotas de ciclovias no circuito Grajaú, Tijuca, centro e na zona sul, além de endereços de oficinas, unidades de saúde e orientações sobre o uso consciente da bicicleta. O mapa está disponível nos postos da RioTur (empresa de turismo da prefeitura do Rio), no site do órgão e em aeroportos e hotéis.

Atualmente, a capital fluminense tem 290 quilômetros de ciclovias. A meta é alcançar a marca dos 450 quilômetros até o ano de 2016.

Para tentar reduzir o uso dos carros nas grandes cidades, o Movimento Rio Eu Amo Eu Cuido promoveu um ato, na Orla da Praia de Ipanema, na zona sul da capital. No local, foram colocadas sete bicicletas em um espaço reservado para um carro, chamando a atenção das pessoas para o meio de transporte alternativo. O projeto alerta que andar de bicicleta contribui para desafogar o trânsito e facilitar o deslocamento nas ruas de grande movimentação.

Para o secretário de Turismo do Rio, Pedro Guimarães, o mapa é importante por causa dos grandes eventos esportivos que ocorrerão na cidade nos próximos anos, mas também como forma de integrar a estrutura de ciclovias. "Eu acho que esse é um grande ganho. A gente integra a cidade, promove a inclusão dessa estrutura viária, diminuindo de uma forma bastante significativa o uso de carros pela cidade, promovendo a inclusão da bicicleta por meio sustentável e moderno", disse.

A prefeitura vai disponibilizar 2 mil bicicletas que poderão ser alugadas pela população, de acordo com o secretário municipal de Meio Ambiente, Altamirando Moraes. "Nós vamos sair de um sistema de 600 bicicletas para 2,6 mil bicicletas disponíveis na cidade para o uso do aluguel. Com isso, a gente incrementa cada vez mais essa mudança de hábito, o uso da bicicleta como alternativa de transporte", explicou.

A região onde é proibido o estacionamento de veículos nas principais vias do centro da cidade, chamada quadrilátero, será ativada amanhã (22). As vagas do Rio Rotativo ficarão bloqueadas nas Avenidas Presidente Antonio Carlos e Rio Branco e na Rua 1º de Março. As travessias da Rua Santa Luzia, na Cinelândia até a Candelária também ficarão fechadas. Com a proibição, a prefeitura estima que aproximadamente 2,1 mil veículos deixarão de circular pelo centro do Rio.

Veja o mapa para bicicletas do Rio de Janeiro

comments powered by Disqus