Notícias
solidariedade não tem hora

Vai ver Picasso no CCBB, em SP? Aproveite seu tempo na fila e doe sangue

Laís Semis - Planeta Sustentável - 24/04/2015

[img1][box-leia]Superexposições normalmente são acompanhadas de filas proporcionais aos grandes nomes exibidos. Para passar esse tempo vale tudo: ler um livro, conversar, comer, acessar as redes sociais, ouvir música, fazer amigos e – até - as unhas. Também vale fazer (ou assistir) intervenções. Por isso, a exposição Picasso e a Modernidade Espanhola, em cartaz em São Paulo, no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) desde 25/3, ganhou o público não só pela preciosidade das obras do pintor e seus conterrâneos, mas também pelas atividades promovidas para entreter o público na fila.

O tempo médio de espera para entrar no mundo dos modernistas – Salvador Dali e Miró também estão entre eles - é de uma hora. Enquanto isso, personagens saídos das obras em exposição ganham vida em contações de histórias e apresentações de dança flamenca acontecem do lado de fora do CCBB.

A partir do dia 27/4 – e até o fim da exposição –, o público ganha mais uma atividade para passar o tempo, só que, desta vez, fazendo o bem: podem doar sangue. A coleta é feita por médicos e profissionais especializados em uma sala reservada dentro do Centro Cultural e quem participa tem seu lugar guardado por um voluntário.

A campanha é resultado de uma parceria do CCBB com o homocentro Clube Sangue Bom e visa, também, chamar a atenção para a triste realidade dos bancos de sangue no Brasil: hoje, apenas 1,8% da população brasileira é doadora. Para quem usa a desculpa da falta de tempo, esta iniciativa não poderia chegar a melhor local, não? Tomara que ela se espalhe pelo país!

SERVIÇO
Picasso e a Modernidade espanhola

Data e horário: até 8/6, de quarta a segunda, das 9h às 21h
Onde: Centro Cultural Banco do Brasil - Rua Álvares Penteado 112, Centro, fone (11) 3113-3651, São Paulo/SP.
Entrada: grátis
Mais informações sobre a exposição, no site do CCBB.

comments powered by Disqus
Tags: