Notícias
radiação

UE: testes nucleares buscam ampliação da segurança

Renata Giraldi - Agência Brasil - 24/11/2011

A Comissão Europeia informou hoje (24) que os testes nucleares feitos em 143 usinas indicam que há esforços dos líderes políticos europeus em ampliar o esquema de segurança. As preocupações com o tema aumentaram, depois da sequência de explosões e vazamentos radioativos ocorridos na Usina Nuclear Fukushima Daiichi, no Nordeste do Japão, em março.

O comissário responsável pela área de energia da União Europeia, Günther Oettinger, disse que os testes de resistência são essenciais para aumentar a segurança interna e externa nas regiões onde estão as usinas nucleares.

Porém, Oettinger disse que as recomendações, contidas nos relatórios, indicando eventuais mudanças nos sistemas de segurança, não são obrigatórias. Na prática, os 27 países da União Europeia podem seguir tais orientações.

As discussões sobre a ampliação do sistema de segurança ocorreram logo depois dos acidentes nucleares em Fukushima. Na ocasião, foram registrados explosões e vazamentos decorrentes de falhas nos reatores da usina. Cidades inteiras foram esvaziadas. Com informações da agência pública de notícias de Portugal, Lusa.

comments powered by Disqus