Notícias
Pantanal

Tradições e modo de vida do pantaneiro são tema de exposição em Corumbá

Suzana Camargo - Planeta Sustentável - 13/05/2015

[img1][box-leia]Morando longe das cidades, as comunidades das imensas planícies alagáveis do centro-oeste do Brasil souberem aprender como viver de maneira harmônica com a natureza. Respeitando os ciclos de seca e cheia do Pantanal, estas famílias conhecem como poucos a fauna e flora da região.

Para mostrar a riqueza dos hábitos e tradições deste povo, a Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza promove a exposição “O Pantaneiro e a Natureza”, em cartaz até 30/06, na Estação Natureza Pantanal, em Corumbá, no MS.

Logo na entrada da mostra, o visitante conhecerá a réplica de uma típica casa do Pantanal, coberta por palha de acuri, uma palmeira da região. Estarão expostos ainda objetos que fazem parte do dia-a-dia local, como berrantes, laço e a zinga, espécie de remo usado nas canoas.

Uma série de fotos e vídeos revela ainda os desafios das comitivas de gado, a magia das rodas de tereré, da dança e da música, e as delícias da culinária típica do Pantanal.
[img2]

“Queremos que os visitantes sejam literalmente ‘transportados’ para o interior de uma comunidade pantaneira para que possamos sensibilizá-los, ensinando-os a respeitar e interagir de modo responsável com a natureza, a exemplo desses povos tradicionais”, afirma Ivonete Guaragni, administradora da Estação Natureza Pantanal.

O objetivo da Fundação Boticário é valorizar a cultura do povo pantaneiro. A maioria destas comunidades vive a mais de 100 km de distância de centros urbanos e aprendeu a respeitar o ecossistema onde vive. Escolas que queiram levar seus alunos para conferir a exposição podem agendar visitas.

A Estação Natureza Pantanal, construída num prédio histórico de 1908, às margens do Rio Paraguai, oferece também exposição permanente sobre o bioma pantaneiro com painéis de fotos de espécies da região, como a onça-pintada, o tuiuiú e o jacaré-do-pantanal – e de seus habitats. É possível ainda ouvir registros de canto e vocalização de aves típicas do Mato Grosso e conhecer uma maquete que explica o ciclo das águas pantaneiras.

EXPOSIÇÃO “O PANTANEIRO E A NATUREZA”
Data: até 30/06
Horário: terça a sexta-feira, 9h às 12h e 14h às 18h. Sábados, 14h às 18h
Local: Estação Espaço Natureza
Endereço: Ladeira José Bonifácio, 111 – Porto Geral – Corumbá (MS)
Ingressos: inteiro R$ 3, estudantes R$ 1,50 e moradores de Corumbá e Ladário R$ 1
Isentos: maiores de 60 e menores de seis anos / grupos de instituições públicas agendados com antecedência
Maiores informações: (67) 3231-9100 e pelo site da Fundação Boticário

comments powered by Disqus
Tags: