Notícias
Taquarituba

Tornado que causou mortes em SP foi o mais devastador

Vanessa Barbosa - Exame.com - 23/09/2013

[img1]

[box-leia]Pelo menos dois mortos, mais de 60 feridos, casas destruídas, árvores e postes tombados, falta de energia elétrica e de telefone. Esse é o saldo do tornado que atingiu a cidade de Taquarituba, a 320 quilômetros da capital paulista, neste domingo.

Segundo o Somar Meteorologia, o fenômeno foi provocado pelo forte calor e a chegada de uma frente fria na região sul de São Paulo. A estimativa é que a ventania chegou aos 150km/h.

“O tornado é um fenômeno que costuma acontecer nos meses de primavera no Brasil, e atingem os Estados do Sul do país, mas que é possível de ocorrer em qualquer local, desde que haja condições atmosféricas para tal”, explica o meteorologista Celso Oliveira.

Apesar de não ser inédito, o fenômeno é raro. Para se ter uma ideia, o tornado mais forte já registrado em SP ocorreu em 1991, na cidade de Itu, com ventos que chegaram a 300km/h. Na ocasião, ele foi classificado como de categoria F3 na escala Fujita, que mede a intensidade dos tornados, que vai de f0 a f5.

Porém, segundo a Somar, o fenômeno que atingiu Taquarituba neste domingo já é considerado o mais devastador por conta dos óbitos e dos estragos levando em conta que os ventos atingiram a categoria f2 na escala, inferior ao de Itu.

Os ventos fortes que atingiram a cidade de 24 mil habitantes de pessoas derrubaram a cobertura de um posto de combustíveis, a rodoviária da cidade ficou totalmente destruída e árvores foram arrancadas.

Um vídeo feito por um cinegrafista amador, e publicado no YouTube, mostra o rastro de destruição deixado pelo tornado.