Notícias
educação ambiental

Tamar registra recorde de filhotes de tartarugas nesta temporada de reprodução

Fábio Paschoal - National Geographic Brasil - 01/07/2013

[img1]

[box-leia]As tartarugas-marinhas que visitam o litoral brasileiro nunca se reproduziram tanto. Entre setembro de 2012 e março de 2013, o número de filhotes que conseguiram chegar ao oceano em segurança foi o maior já registrado na história do Projeto Tamar. Ao todo, 923 mil tartarugas deixaram os ninhos e alcançaram as águas do mar - aumento de 3% em relação à temporada anterior.

O recorde anunciado por Neca Marcovaldi, coordenadora de pesquisa e conservação do Tamar, é fruto do trabalho realizado pelo Projeto em 16 bases de pesquisa, instaladas em áreas prioritárias de desova no litoral de cinco estados brasileiros: Rio de Janeiro, Espírito Santo, Bahia, Sergipe e Rio Grande do Norte.

Segundo Marcovaldi, o trabalho de educação ambiental - feito nas comunidades locais - e um monitoramento mais efetivo das praias, permitiram a manutenção de mais de 70% dos ninhos no local de postura escolhido pela fêmea, situação considerada ideal para a conservação das tartarugas-marinhas.

Somente os ninhos sob risco de predação, ação da maré ou localizados em áreas urbanas foram transferidos para trechos mais seguros das praias ou cercados de incubação.

No final de 2012 o Tamar chegou à marca de 15 milhões de filhotes soltos em 33 anos de Projeto, e segue na luta pela conservação das cinco espécies de tartarugas-marinhas encontradas no Brasil.