Notícias
estudo

Substituição do carvão por gás natural não desaceleraria o aquecimento global

Redação - Veja - 14/09/2011

Embora a queima de gás natural emita bem menos dióxido de carbono do que o carvão, a substituição de uma fonte de energia pela outra - proposta por especialistas em meio ambiente anteriormente - não seria capaz de desacelerar significativamente as mudanças climáticas. É o que afirma um estudo que o periódico científico Climatic Change Letters publica esta semana.

A conclusão partiu da análise dos meios pelos quais a queima de cada combustível fóssil afeta o clima terrestre. Enquanto o carvão acelera o aquecimento por meio da emissão de dióxido de carbono, também libera grandes quantidades de sulfatos e outras partículas que, apesar de serem prejudiciais ao planeta, esfriam a atmosfera ao bloquear a entrada de luz solar. Já a queima de gás natural, por outro lado, libera quantidades incertas de metano - um potente gás do efeito estufa.

Para avaliar o efeito de ambos na atmosfera, o pesquisador Tom Wigley, do Centro Nacional de Pesquisas Atmosféricas (NCAR, na sigla em inglês), nos Estados Unidos, realizou algumas simulações em computador. "Uma utilização maior de gás natural reduziria as emissões de dióxido de carbono, mas de pouca ajuda seria em relação ao problema climático", diz Wigley.

O pesquisador descobriu que uma redução de 50% na queima de carvão e um aumento correspondente de queima de gás natural levaria a um aumento de temperatura nos próximos quarenta anos de menos de um grau Celsius.

De acordo com o pesquisador, a 'perseguição' ao carvão deveria ser repensada. "Seja qual for a taxa de fuga do metano, você não pode fugir do aquecimento global que ocorrerá inicialmente, porque, não queimando o carvão, não teremos o efeito do resfriamento causado pelos sulfatos e outras partículas", explica Wigley. Ou seja: as chuvas ácidas e a poluição do ar diminuem, mas a temperatura na Terra aumenta. Além disso, o impacto da emissão de metano também depende da influência de outros gases - como o dióxido de carbono e óxido nitroso - capazes de segurá-lo por mais ou menos tempo na atmosfera.

comments powered by Disqus