Notícias
lixeiras inteligentes

SP ganha lixeira de R$ 8 mil alimentada por energia solar

Vanessa barbosa - Exame.com - 24/04/2014

[img1]

[box-leia]É uma lixeira que só falta falar. Vem com sensor que avisa via SMS quando está vazia, com 80% de sua capacidade ocupada ou quando está totalmente cheia. No seu topo, tem painéis solares que geram energia para compactar os resíduos. A lixeira high tech tem até nome: Big Belly, algo como "barrigão".

Importadas, elas chegaram à São Paulo ontem, e podem ser encontradas em cinco pontos da região dos Jardins, área nobre da capital.

Conhecida como papeleira inteligente, ela necessita apenas de 8 horas de sol para operar um mês inteiro, e, por meio de seu compactador automático, pode armazenar até 600 litros de resíduos recicláveis sem necessidade de manutenção.

Cada uma custou cerca de R$ 8 mil reais e foram instaladas pela Inova Gestão de Serviços Urbanos, que atua na região.

Segundo a empresa, a nova lixeira evita problemas como vandalismo, vazamento de chorume, e contato de animais. Além disso, tem maior capacidade de armazenamento, equivalente a 12 lixeiras convencionais.

Ainda de acordo com a Inova, o software que monitora a capacidade da Big Belly também aumenta a eficiência das rotas de recolha do lixo e reduz o número de viagens, racionalizando o uso de combustível e de mão de obra.

O projeto está em fase piloto e conta com parceria dos lojistas da região. Dependendo da aceitação do público no local, a empresa estuda expandir o uso da lixeira para outras áreas da capital.

No momento, elas podem ser encontradas na Alameda Lorena com a rua da Consolação, na Rua Peixoto Gomide com a rua Oscar Freire, na Bela Cintra com a Oscar Freire, na Bela Cintra com a alameda Tietê e na Rua Melo Alves com a Rua Oscar Freire.

Tags: