Notícias
bike e trânsito

SP: acidentes de trânsito matam um ciclista a cada dois dias

Redação - Veja.com - 13/03/2013

[img1][box-leia]A cada dois dias, pelo menos um ciclista internado em um hospital público de São Paulo morre em consequência de um acidente de trânsito, indicou um levantamento da Secretaria de Estado da Saúde divulgado nesta quarta-feira. Ainda segundo o documento, nove usuários de bicicleta são internados todos os dias na rede pública de São Paulo — em 2012, houve 3.200 internações por esse motivo nos hospitais do estado.

De acordo com a Secretaria da Saúde, os principais fatores de risco para acidentes de trânsito envolvendo ciclistas são embriaguez e desatenção por parte dos motoristas dos veículos. As lesões mais frequentes sofridas pelos ciclistas são traumatismos craniano e da coluna vertebral e fraturas da bacia, dos ossos do antebraço, do fêmur e da tíbia.

O levantamento ainda mostrou que o SUS - Sistema Único de Saúde gasta 3,3 milhões de reais por ano com o tratamento de ciclistas que sofrem algum acidente de trânsito em São Paulo. "O número de acidentes graves envolvendo ciclistas continua alto porque as bicicletas precisam dividir cada vez mais espaço com os veículos. É preciso haver respeito mútuo e mais locais sinalizados e adequados aos ciclistas", diz Hassan Yassine Neto, médico socorrista do GRAU - Grupo de Atendimento e Resgate às Urgências da Secretaria da Saúde. Segundo Neto, o uso de equipamentos de segurança, como capacete, joelheira e cotoveleira, é essencial para diminuir a gravidade dos casos de acidente envolvendo ciclistas.

ACIDENTE NA PAULISTA

Neste domingo, o limpador de janelas David Santos de Souza, de 21 anos, foi atropelado por um carro na Avenida Paulista por volta das 5h30, quando se dirigia ao trabalho de bicicleta. O ciclista teve o seu braço amputado no acidente. O motorista, Alex Siwek, também de 21 anos, não prestou socorro à vítima e jogou o membro amputado em um córrego na Zona Sul de São Paulo. Siwek se recusou a fazer o bafômetro, mas exames clínicos apontaram sinais de embriaguez. Ele está detido no Centro de Detenção Provisória 2, na Zona Leste da capital.

David de Souza está internado no Hospital das Clínicas e seu estado é estável. Em depoimento, o ciclista afirmou que estava trafegando na contramão no momento do acidente — a vítima circulava na ciclofaixa de lazer da Avenida Paulista que, embora ainda não estivesse funcionando, já estava com os cones de sinalização.