Notícias
economia sustentável

Suécia vê oportunidades na Rio+20

Vinicius Konchinski - Agência Brasil - 18/05/2011

O primeiro-ministro da Suécia, Fredrik Reinfeldt, afirmou hoje (18) que a conferência da Organização das Nações Unidas (ONU) Rio+20 será uma oportunidade para o crescimento da economia sustentável no mundo. 

A Rio+20 está marcada para junho de 2012, no Rio de Janeiro, e deve reunir líderes mundiais para debater o desenvolvimento sustentável

"A Rio+20 será uma oportunidade para discutirmos a economia verde e a redução da pobreza", afirmou Reinfeldt, em visita à sede da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp). A passagem do primeiro-ministro pela Fiesp faz parte de sua primeira viagem oficial ao Brasil e à América Latina. Reinfeldt chegou ontem (17) ao Brasil. 

Durante seu discurso a empresários brasileiros e suecos, Reinfeldt reiterou o comprometimento de seu governo com a "economia verde". Disse que o desenvolvimento sustentável é a única forma de garantir qualidade de vida para a população mundial no futuro. 

Reinfeldt disse também que as mudanças necessárias para que a produção mundial seja mais sustentável não precisam reduzir o crescimento mundial. Pelo contrário, elas podem colaborar com a criação de mais empregos e para uma melhor distribuição de renda. 

"A redução do impacto ambiental não significa a redução do crescimento", afirmou o primeiro-ministro. "Isso pode gerar oportunidades de crescimento." 

A Suécia, segundo Reinfeldt, é um exemplo disso. Desde 1999, a economia do país cresceu 50%. Ao mesmo tempo, as emissões de carbono caíram 17% em seu território. 

O presidente da Fiesp, Paulo Skaf, ratificou o exemplo sueco para o desenvolvimento sustentável e disse que o Brasil pode aprender muito com o país. Segundo ele, os dois países são parceiros de negócios a mais de cem anos. Podem ainda ampliar essa relação, principalmente, para trocar informações sobre a implementação da economia verde.

comments powered by Disqus