Notícias
rumo à 2012

Rio+20: a influência da ação humana em xeque

Sucena Shkrada Resk - Planeta Sustentável - 10/08/2011

O IEA/USP – Instituto de Estudos Avançados da Universidade de São Paulo promoverá, no dia 12 de setembro, a palestra A Rio+20 e a Entrada no Antropoceno, que tratará da interferência da ação humana em eventos extremos, na acidificação dos oceanos até a ameaça à biodiversidade. Os debates também girarão entorno de qual será o papel da Rio+20 - Conferência das Nações Unidas em Desenvolvimento Sustentável, que ocorrerá entre os dias 4 e 6 de junho de 2012, sob a pressão social por um mundo ecologicamente viável.

Entre os convidados, estão o economista e sociólogo Ignacy Sachs, professor emérito da Escola de Altos Estudos em Ciências Sociais, da França; o ambientalista Fabio Feldmann, consultor e ex-presidente do Fórum Brasileiro de Mudanças Climáticas e o economista Ricardo Abramovay, professor titular do Departamento de Economia da FEA - Faculdade de Economia e Administração da USP. 

Os palestrantes e debatedores terão como pano de fundo o que a Ciência coloca em xeque hoje: estamos no Holoceno ou no Antropoceno? A Sociedade Geológica Norte-Americana já aceita a segunda hipótese. O termo foi popularizado pelo geoquímico holandês Paul Crutzen, Prêmio Nobel de Química em 2002. Segundo ele, determina as alterações ocasionadas no planeta, pelo homem, a partir do início da Revolução Industrial. 

Seminário A Rio+20 e a Entrada no Antropoceno.
Data: 12 de setembro.
Horário: 11h30.
Local: IEA (Rua Praça do Relógio, 109, Bloco K, 5º andar, Cidade Universitária, São Paulo.
Informações: com Inês Iwashita -  ineshita@usp.br ou por meio do telefone (11) 3091-1685.
obs: também haverá transmissão: ao vivo pela internet, pelo site http://www.iea.usp.br/aovivo .

Leia também: 
Rio+20: Comitê paulista reúne sociedade nesta 3ª
O que esperar da Rio+20

comments powered by Disqus