Notícias
desenvolvimento sustentável

Dilma Roussef cria Comitê e Comissão para a Rio+20

Débora Spitzcovsky - Planeta Sustentável - 08/06/2011

A presidente Dilma Rousseff assinou ontem, 7 de junho, decreto que oficializa a criação de dois órgãos considerados fundamentais para a realização da Rio+20, que acontece no ano que vem, no Brasil: a Comissão e o Comitê Nacional da conferência. 

Co-presidida pelos ministros do Meio Ambiente e das Relações Exteriores, Izabella Teixeira e Antonio de Aguiar Patriota, a Comissão Nacional da Rio+20 será responsável por promover o diálogo entre órgãos e entidades federais, estaduais, municipais e da sociedade civil para articular a participação do Brasil na conferência. 

Já o Comitê Nacional da Rio+20 ficará responsável pelo planejamento, organização e execução das medidas logísticas necessárias para a realização da conferência internacional, como, por exemplo, a gestão de recursos e contratos para a conferência. 

O decreto foi considerado, pelo governo, o início oficial dos preparativos brasileiros para a Rio+20, que, segundo a ministra Izabella Teixeira, presente na solenidade, será a grande oportunidade do Brasil assumir a liderança mundial dos debates sobre desenvolvimento sustentável

Na ocasião, a presidente Dilma ainda lançou, oficialmente, um vídeo do governo para explicar a importância da Rio+20 (abaixo) e do engajamento de todos. Também decretou a criação de mais um Grupo de Trabalho, exclusivo para o MMA: a Assessoria Extraordinária, que será responsável pela coordenação de estudos sobre economia verde e governança internacional para o desenvolvimento sustentável. A intenção é reunir informações para que o governo tenha subsídios para defender a posição brasileira sobre os principais temas da conferência. 



Leia também:
Rio+20 tratará de governança global, diz Besserman
Rio+20: Biodiversidade, Mudanças Climáticas e Crescimento Verde         
O que esperar da Rio+20

comments powered by Disqus