Notícias
polêmica

Embu das Artes: revisão do Plano Diretor é aprovada

Marina Franco - Planeta Sustentável - 19/04/2012

A proposta de revisão do Plano Diretor da cidade de Embu das Artes, que pretende instalar um corredor industrial que passa pela Área de Proteção Ambiental Embu Verde e pela Área de Proteção aos Mananciais de Guarapiranga, foi aprovada ontem pela Câmara dos Vereadores da cidade.

Apenas o vereador José Carlos Proença (PSDB) votou contra a proposta da prefeitura de Embu das Artes. Os outros 11 vereadores aprovaram a revisão (veja abaixo a relação de nomes). A votação foi acompanhada por protestos do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra, que reivindica espaços para moradias no novo zoneamento. O novo Plano Diretor deverá ser publicado pelo legislativo nos próximos dias e seguirá para ser sancionado pelo prefeito da cidade.

O Superintendente do IBAMA - Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis no Estado de São Paulo, Murilo Reple Penteado Rocha, enviou um ofício à Prefeitura de Embu, antes da votação, pedindo esclarecimentos sobre os possíveis impactos que a ocupação poderá causar na Mata Atlântica. Também pede que os estudos técnicos realizados pela Prefeitura sejam encaminhados ao Instituto, antes da sanção do projeto.

A lei é polêmica, uma vez que prevê ocupação industrial em áreas que devem ser protegidas e teriam sua fauna e flora comprometidas. Os mananciais dos rios da Bacia do Guarapiranga também seriam afetados, prejudicando o abastecimento de água, que chega à capital do estado.

A Sociedade Ecológica Amigos do Embu, um dos movimentos que reivindica estudos mais aprofundados de impacto ambiental e plano de manejo para as áreas de preservação, deverá recorrer à decisão. Embu das Artes faz parte da Reserva da Biosfera do Cinturão Verde de São Paulo.

Os 11 vereadores que aprovaram o novo Plano Diretor foram: Gilvan de França (PPS), Luiz Carlos Calderoni (PMDB), Elisabete Carvalho (PDT), Aparecido Pereira Dias (PT), Arthur Almeida (PSDB), Carlos Pires de Lima (PDT), Edgardo Cabral (PRB), João Bernardino Leite (PT), Júlio César Campanha (PTB), Maria Cleuza Gomes (PT), Milton Arenzon (PMDB).

comments powered by Disqus