Notícias
nova publicação

Responsabilidade social em franquias é tema de livro

Marina Franco - Planeta Sustentável - 08/04/2011

Claudio Tieghi, presidente da Afras - Associação Franquia Sustentável*, ligada à ABF - Associação Brasileira de Franchising, lançou nesta semana o livro Uma nova geração no franchising: cinco anos de atuação da Afras. A obra resgata a trajetória de relação do setor das franquias com a responsabilidade social e sustentabilidade. Desta relação, surgiu um novo modelo de negócios, denominado por Tieghi como "franchising de sexta geração", cujo planejamento estratégico leva em conta aspectos da sustentabilidade empresarial.

O livro também traz o pensamento de autores de expressão internacional sobre a integração de aspectos sociais, econômicos e ambientais com a ética empresarial. Sobre a atuação da Afras, aborda o trabalho realizado desde 2005 até este ano, quando foi lançado do Programa Franchising de Baixo Carbono, que prevê a elaboração de inventários de emissão de gases do efeito estufa e medidas de compensação de 18 marcas franqueadas.

Além do lançamento do livro, foi realizado um debate sobre os desafios do varejo para um franchising de produtos e serviços sustentáveis, que contou com a participação de Tieghi, Marcos Gouvêa, sócio do Grupo Bittencourt e GS&MD, e Ricardo Young, consultor em sustentabilidade e conselheiro do Planeta Sustentável.

"A cultura que temos no processo de fabricação de um produto, por exemplo, não é de se pensar antecipadamente no impacto ao meio ambiente que causará. Hoje, o que mais é pensado é no pós-consumo. O desafio é como o setor encontrará uma forma de já evitar tal impacto antes mesmo de o produto ir para o mercado", disse Young.

Para Gouvêa, um dos principais motivos de mudança do setor será a exigência do consumidor. "O consumidor de hoje tem uma postura de rejeição às marcas que não mantêm ações de responsabilidade social, porque já consideram a questão ‘básica’", afirmou.

*Afras

comments powered by Disqus