Notícias
tv cultura

Repórter Eco aborda Código Florestal em áreas urbanas

Marina Franco - Planeta Sustentável - 18/03/2011

Engana-se quem pensa que o Código Florestal se aplica somente a áreas rurais. Ele também legisla sobre o território urbano, que deve respeitar os limites de preservação permanente estabelecidos. Este é um dos temas abordados no próximo Repórter Eco, programa da TV Cultura, que será exibido no domingo, 20/03, às 17h30.

A reportagem sobre o Código Florestal conta com o depoimento de Marcio Ackermann, geógrafo e autor do livro Cidade e Código Florestal, e mostra a importância de as APPs – Áreas de Preservação Permanente. São áreas que, mesmo na cidade, devem ter sua vegetação preservada, para garantir o funcionamento dos escossistemas, além da qualidade de vida da população. Com as áreas respeitadas, a estabilidade do solo e das rochas também ficam seguras, evitando, assim, os deslizamentos.

Ackermann defende que o poder público use a tecnologia para reabilitar as funções de áreas que deveriam ser preservadas, mas estão ocupadas irregularmente. Além disso, encostas de montanhas ocupadas deveriam ser reflorestadas.

Outra matéria do Repórter Eco abordará o programa de reciclagem e coleta de lixo desenvolvido em Ibiporã, no Paraná. Em 2009, a cidade de 48 mil habitantes mobilizou quase todas as casas para separarem corretamente seus resíduos, devido a falta de espaço para aterros sanitários. A cidade gasta mais de R$ 2 mi com o programa e, de acordo com o prefeito da cidade, José Maria Ferreira, economiza muito com matéria-prima, energia e transporte. Sem contar na poluição que deixa de emitir.

O programa ainda veicula uma matéria sobre ecoturismo no Jalapão, no estado de Tocantins. Localizado no Cerrado, o Jalapão tem uma natureza exuberante, com cachoeiras e dunas.

comments powered by Disqus