Notícias
Divulgação Reforma do Mineirão segue padrões de sustentabilidade
estádio sustentável

Reforma do Mineirão segue padrões de sustentabilidade

Débora Spitzcovsky - Planeta Sustentável - 05/07/2011

O Estádio Governador Magalhães Pinto, mais conhecido como Mineirão, está sendo submetido a uma obra de modernização, para sediar a Copa do Mundo de 2014, que, segundo vídeo divulgado nesta segunda-feira, 4 de julho, pelo governo de Minas Gerais, está seguindo os padrões de sustentabilidade para o setor da construção civil, definidos pela ONG GBC-Brasil - Green Building Council Brasil

No filme (abaixo), são citadas uma porção de medidas sustentáveis que vêm sendo adotadas desde o início das obras de reforma do estádio, em janeiro de 2010. Entre elas:
- doação das antigas cadeiras do Mineirão para arenas esportivas do interior mineiro;
- reaproveitamento do antigo gramado para projetos sociais do governo;
- reutilização dos resíduos da demolição do estádio em outras obras públicas;
- uso da água da chuva para irrigação e limpeza do Mineirão e
- implantação de sistema de captação de luz solar para geração de energia. 



O grande objetivo do governo de Minas Gerais é obter a certificação Leed de construção sustentável para projetos de reforma, emitida pela GBC-Brasil, e assim transformar o Mineirão em um estádio, oficialmente, homologado pela Fifa - Federação Internacional de Futebol. (Saiba mais em Estádios da Fifa deverão ser sustentáveis

Leia também:
Até a copa do mundo ficou verde
  
Copa Verde: um gol pela sustentabilidade 
Gramados ainda mais verdes  

*Novo Mineirão
*GBC-Brasil 
*Leed - Leadership in Energy and Environmental Design

comments powered by Disqus