Notícias
Reprodução/Outlook Brasil Necessidade de novas áreas para agropecuária cairá 63%
projeção para 2022

Necessidade de novas áreas para agropecuária cairá 63%

Débora Spitzcovsky - Planeta Sustentável - 07/05/2012

O estudo Outlook Brasil, realizado pela Fiesp - Federação das Indústrias do Estado de São Paulo com a intenção de apontar as projeções do setor do agronegócio para 2022, revelou que nos próximos dez anos haverá uma redução substancial na necessidade de novas áreas para a produção agropecuária do país. 

De acordo com a publicação, lançada no início deste mês, entre 2012 e 2022 o setor necessitará de 443 mil ha/ano para atender sua demanda, enquanto na última década foi preciso 1.212 mil ha/ano - ou seja, haverá uma redução de 63% no ritmo de incorporação de novas áreas para a agropecuária. 

Os principais motivos, apontados pelo estudo, são:
- aumento da produtividade e
- ampliação das lavouras sobre as pastagens, que cederão 5,4 milhões ha para a produção de grãos no Brasil. 

Confira o estudo Outlook Brasil, feito em parceria com o Icone - Instituto de Estudos do Comércio e Negociações Internacionais, na íntegra.

comments powered by Disqus