Notícias
reino animal

40 novas espécies de peixes são encontradas no Madeira

Olavo Guerra - National Geographic Brasil - 19/04/2011

Quarenta novas espécies de peixes foram encontradas no Rio Madeira, um dos afluentes do rio Amazonas, em um estudo realizado pela empresa Santo Antônio Energia. Além disso, 777 tipos de peixes - inclusive os novos - foram listados no local.

A pesquisa faz parte do Programa de Conservação de Ictiofauna (peixes de uma determinada região biogeográfica), do Projeto Básico Ambiental, que precisa ser seguido para que a Santo Antônio Energia comece a operar a hidrelétrica Santo Antônio.

A hidrelétrica está sendo instalada há dois anos na região e já tem duas licenças ambientais concedidas pelo Ibama: a licença prévia e a de instalação. Para começar as operações, a Santo Antônio precisa ainda da licença de operação. As pesquisas foram realizadas em parceria com o laboratório de ictiofauna e pesca da Universidade de Rondônia (Unir).

"O Rio Madeira está sendo estudado há anos e até 2008, quando obtemos a primeira licença, listamos 400 espécies de peixes", disse o biólogo e coordenador de sustentabilidade da concessionária, Aloísio Otávio Ferreira. E completou: "Após essa licença começamos a estudar 1.700 quilômetros de extensão do rio, chegando a 777 espécies de peixes".

Ferreira explicou como a empresa fará para proteger esses novos peixes encontrados. "Haverá dois grandes sistemas para a transposição dos peixes por meio de canais controlados por duas comportas", contou.

Além disso, alguns trechos do rio Madeira fazem parte de áreas de proteção permanente (APP) que, para a manutenção dos peixes, serão ampliadas nos locais onde os animais foram encontrados, de acordo com a coordenadora do Laboratório de Iciofauna e Pesca da Unir, Carolina Dória.

Segundo Carolina, as novas espécies de peixes encontradas são, em geral, de pequeno porte, como novos tipos de lambaris e tilápias. "Os animais não servem para a pesca comercial."

A empresa já deu entrada ao processo de concessão da licença que falta para iniciar as operações da hidrelétrica. Caso esteja de acordo com a lei, a autorização será dada no dia 15 de agosto desse ano e as operações começam até dezembro.

A hidrelétrica ocupará 120 quilômetros da extensão do rio e terá 44 turbinas. A conclusão do projeto está prevista para 2015 e a partir da concessão final, as turbinas que estiverem prontas serão ligadas aos poucos e fornecerão energia para o Sistema Interligado Nacional (SIN), que abastece mais de 95% do país.

comments powered by Disqus