Notícias
reconhecimento

Prorrogadas inscrições para o Prêmio Mobilidade Minuto

Suzana Camargo - Planeta Sustentável - 12/09/2014

[img1][box-leia]atualizado em 02/10/2014

 

Este é certamente um dos principais assuntos do momento: mobilidade urbana. Ou melhor, a falta dela. As principais metrópoles do país deram um nó e já há um consenso de que alternativas são necessárias para melhorar não só o trânsito, mas a qualidade de vida de milhões de pessoas.

A sociedade civil já começou a fazer sua parte e por isso o Instituto Cidade em Movimento* lançou o Prêmio Mobilidade Minuto para reconhecer e divulgar iniciativas para a melhoria das condições de mobilidade nas cidades. O objetivo é que elas sirvam de exemplo e sejam replicadas e ampliadas em qualquer cidade brasileira.

O prêmio foi dividido em seis categorias para mostrar que podemos contribuir para a questão de diversas maneiras. Só podem concorrer à premiação projetos que já estão em andamento - funcionando na prática ou em testes de implantação.

Confira abaixo as categorias do Mobilidade Minuto:

- Transporte particular - experiências de compartilhamento e carona; rodízios; estacionamento alternativo; serviços e usos alternativos de táxi e outras formas de uso racional do automóvel.
- Transporte coletivo - sistemas de apoio ao usuário; incentivo ao uso; intermodalidade e interação com os outros sistemas de transportes; formas de melhoria da qualidade dos sistemas de transportes coletivos.
- Modos não-Motorizados - ampliação e melhoria de calçadas e ciclovias; informação e segurança ao pedestre e ao ciclista; campanhas de compartilhamento dos espaços de mobilidade; intermodalidade com os transportes coletivos e outras formas de melhoria e de incentivo ao uso da bicicleta e apoio ao pedestre.
- Qualidade do espaço público da mobilidade - melhoria dos espaços públicos de passagem, espera e acesso aos sistemas de transportes; acessibilidade e apoio a pessoas com mobilidade reduzida; educação para a mobilidade e a convivência entre os modais; cultura de paz no trânsito e na cidade e ações de resgate do sentido de comunidade.
- Novas alternativas de organização comunitária e do trabalho - escalonamento e flexibilização do horário de trabalho; teletrabalho e uso de ferramentas virtuais; carona solidária e estímulo a novas formas de locomoção; formação de redes de empresas e vizinhança; ações comunitárias para o uso racional dos transportes; formação de redes em escolas e locais de afluência e outras formas de atuação comunitária e estímulo.
- Tecnologia e comunicação - criação de ferramentas de mobilidade reais e virtuais, interativas ou não, que incentivem o uso racional dos transportes, aumentem a segurança e ampliem a troca de informações e o debate entre os cidadãos. Inclui programas de rádio e televisão, sites e aplicativos, assim como sistemas de informação e comunicação in-loco.

Quem quiser concorrer ao prêmio ou indicar algum caso, as inscrições já estão abertas e podem ser feitas até 15/10 no site da iniciativa.

Serão premiadas 7 iniciativas, uma para cada categoria e um prêmio especial de inovação em mobilidade, a ser definido por voto popular entre o conjunto de todas os projetos concorrentes. Os vencedores ganharão uma escultura criada especialmente para o Mobilidade Minuto e terão seus projetos divulgados nacionalmente.

*Instituto Cidade em Movimento

comments powered by Disqus
Tags: