Notícias
Rio+20

Prefeitos querem participar de discussões sobre clima

Vinicius Konchinski - Edição: Rivadavia Severo - Agência Brasil - 03/06/2011

Representantes das 40 maiores cidades do mundo pediram ontem (2) uma maior participação das metrópoles nas discussões mundiais sobre mudanças climáticas. Durante a última plenária do encontro do Grupo C40 de Grandes Cidades, sediado pela capital paulista, os prefeitos aprovaram uma resolução em que solicitam formalmente a participação deles na Conferência da Organização das Nações Unidas (ONU) Rio+20.

A Rio+20 ocorrerá no Rio de Janeiro, no ano que vem. No evento, líderes mundiais devem discutir novamente acordos internacionais para a redução das emissões de gases de efeito estufa e, com isso, a mitigação do aquecimento global.

Na carta de encerramento do encontro do C40 em São Paulo, o grupo de cidades declarou que a Rio+20 é uma "oportunidade ideal" para um compromisso político internacional de combate às mudanças climáticas. No documento, o C40 afirmou que as cidades ocupam um papel importante nesta discussão já que são responsáveis por 70% da emissão de gases de efeito estufa. Portanto, elas precisam ser incluídas nas negociações sobre um acordo global.

"Nossa organização pode cumprir um importante papel nas negociações", afirmou o presidente do Grupo C40 e prefeito de Nova York, Michael Bloomberg. "Eu acredito que temos feito um grande trabalho e podemos contribuir mais".

Além do pedido de participação, o C40 aprovou requisitos para que cidades possam fazer parte do grupo. Desta forma, metrópoles que já fazem parte do C40 ou que queiram ser incluídas nele terão de respeitar padrões de sustentabilidade estabelecidos pelo grupo.

O prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, apoiou a fixação dos requisitos do C40. Disse que, com os padrões, as metrópoles podem seguir influenciando as negociações internacionais sobre mudanças climáticas. "As cidades são decisivas nesta batalha. Queremos participar e influir nas discussões internacionais".

Também hoje, Kassab e Bloomberg assinaram um memorando de entendimento entre São Paulo e Nova York. As cidades, agora, vão passar a compartilhar experiências na área de sustentabilidade.

comments powered by Disqus