Notícias
cobertura vegetal

Prédio residencial terá maior jardim vertical do Sul da Ásia

Júlia Martinez Tfauni - Exame.com - 14/02/2014

[img1]

[box-leia]Reciclagem de água, painéis para captação de energia solar e plantas que isolam o calor e o barulho são alguns dos atrativos do Clearpoint Tower, o prédio residencial que terá o maior jardim vertical do Sul do Ásia e um dos mais altos do mundo.

Localizado a dez quilômetros da cidade de Colombo, no Sri Lanka, a construção está prevista para terminar no final de 2015. O projeto está sendo realizado pelo escritório Milroy Perera Associates.

Jardins serão espalhados pelos 46 andares do prédio, que acomodará 164 apartamentos, de dois a cinco quartos. Os jardins não terão somente função estética, servirão também como isoladores acústicos e térmicos.

E ainda combaterão a poluição. Localizados nas varandas dos apartamentos, eles atuarão como um filtro natural de ar.

UTILIZANDO O SOL DE FORMA POSITIVA
As janelas foram projetadas para não receber luz direta do sol, o que ajudará no resfriamento dos apartamentos e facilitará a ventilação natural dos ambientes. Com isso, os arquitetos acreditam que o uso de ar condicionado será menor, diminuindo o gasto de energia.

Painéis de captação solar serão instalados na laje do prédio, gerando energia que abastecerá as áreas comuns, elevadores e o sistema de reciclagem de água.

Sistema este que reutilizará água da chuva, dos chuveiros e pias. A água coletada dos banheiros passará por um sistema de reciclagem, para depois ser misturada à água da chuva e abastecer o sistema de irrigação por gotejamento dos jardins e as descargas dos apartamentos.

Hoje, o prédio residencial que está na frente na disputa pelo jardim vertical mais alto do mundo é o One Central Plaza, que está sendo erguido em Sydney, na Austrália. Projetada pelo renomado paisagista francês Patrick Blanc, a cobertura vegetal preencherá os 166 metros de altura do edifício.