Notícias
unidade de conservação

Pq. Nacional do Iguaçu bate recorde de visitantes em 2011

Redação - Agência Fapesp - 17/01/2012

O Parque Nacional do Iguaçu, que além das cataratas de mesmo nome abriga o maior remanescente de Mata Atlântica da região sul, recebeu no ano passado quase 1,4 milhões de visitantes. O número é 10,15% maior que o registrado em 2010 e representa um novo recorde de entrada de turistas na Unidade de Conservação.

Segundo dados do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), órgão federal responsável pela gestão do parque, quase metade do público era composta de estrangeiros de mais de 160 países.

Quem mais enviou turistas para a unidade foi a Argentina (257 mil), seguida por Paraguai (36 mil), Espanha (30 mil), Alemanha (27 mil) e Estados Unidos (26,9 mil). Entre os turistas brasileiros, os paranaenses foram os que mais visitaram o parque (288 mil), seguido pelos paulistas (182 mil).

Para o chefe do Parque Nacional do Iguaçu, Jorge Luiz Pegoraro, o movimento em 2011 foi excepcional. O desafio para este ano, afirmou, é implantar a nova Trilha das Cataratas, para dar maior mobilidade, acessibilidade e conforto aos visitantes.

Unido pelo Rio Iguaçu ao Parque Nacional Iguazú, na Argentina, a unidade integra o mais importante contínuo biológico do Centro-Sul do continente, com mais de 600 mil hectares de áreas protegidas e outros 400 mil em florestas ainda primitivas.

Abriga rica biodiversidade, com espécies como onça-pintada (Pantheraonca), puma (Puma concolor), jacaré-de-papo-amarelo (Caimanlatirostris), papagaio-de-peito-roxo (Amazona vinacea), gavião-real (Harpia harpyja), peroba-rosa (Aspidospermapolyneutron), ariticum (Rolliniasalicifolia) e araucária (Araucariaaugustifolia).

Por sua importância, foi a primeira Unidade de Conservação do Brasil a ser instituída como Sítio do Patrimônio Mundial Natural pela Unesco, no ano de 1986.

Mais informações: (45) 3521 8383

comments powered by Disqus