Notícias
qualidade do ar

Poluição em Londres atinge nível máximo

Suzana Camargo - Planeta Sustentável - 10/04/2015

[img1][box-leia]O famoso fog londrino - nevoeiro que constantemente aparece sobre a capital da Inglaterra, deixou de ser simplesmente parte do cenário local para se tornar sinal de alerta, feito pelas autoridades de saúde e meteorologistas, nesta sexta-feira (10/04).

A bruma cinza e espessa é reflexo da poluição, que alcançou o nível 10, indíce máximo estabelecido pelo Departamento do Meio Ambiente do Reino Unido.

A nuvem de poluição é composta por uma mistura de partículas de fuligem (proveniente sobretudo da emissão de poluentes de veículos) e poeira vinda do Deserto do Saara, que atingiu o continente europeu.

Para piorar a situação, Londres apresenta temperatura acima da média para esta época do ano e pouco vento, o que impede que a sujeira se dissipe.

As regiões mais afetadas são no sudeste do país, em Brighton, Eastbourne e Hastings, onde pelas medições, a concentração de poluentes é muito alta. O governo britânico recomendou que, crianças e idosos, não façam esforço físico. Os mais afetados, entretanto, são aquelas pessoas que já têm doenças respiratórias, como asma e bronquite.

[img2]


Além do alerta das autoridades, os londrinos contam com o auxílio da tecnologia. Pelo site do King’s College London, é possível conferir o nível da poluição hora a hora na cidade e mais especificamente, na rua onde o usuário está localizado. O aplicativo está disponível também para dispositivos móveis.

[img3]


Londres enfrenta o dia mais poluído de 2015. Em março, a cidade já havia registrado altos índices de poluição na atmosfera. Estimativas revelam que quase 30 mil pessoas morrem anualmente na Inglaterra por problemas provocados pela má qualidade do ar.

A França também foi afetada com a massa de poeira vinda do deserto africano. Recentemente a prefeitura de Paris anunciou medida emergencial que implantava rodízio de carros na cidade e catraca livre no transporte público (leia reportagem completa aqui). Outra iniciativa foi limitar a velocidade dos veículos a 20 km/hm em certas áreas.

Esta semana a capital francesa instituiu o estacionamento gratuito nas ruas dos bairros residenciais para incentivar os parisienses a deixar o carro em casa e usar o transporte público.

A boa notícia para Londres é que, segundo os meteorologistas, as condições climáticas irão melhorar e a massa de poluição deve se dissipar no final de semana.

 

comments powered by Disqus
Tags: