Notícias
escambo de talentos

Plataforma promove troca de serviços sem usar dinheiro

Redação* - Planeta Sustentável - 13/01/2014

[img1]

[box-leia]

*Colaborou Jéssica Miwa

Na realidade capitalista, chega a ser difícil imaginar um mundo sem dinheiro. Qualquer demanda dentro de casa, trabalho ou escola é resolvida por meio do dito cujo. Para repensar nossos hábitos de consumo, o site Timerepublik* sugere a troca de serviços por meio de uma moeda diferente: o tempo.

A plataforma funciona de maneira simples: basta ajudar alguém para ganhar horas e, com esse crédito, é possível pedir ajuda com qualquer outro serviço. Por exemplo, se você ajudar um vizinho – que talvez você nem conheça, mas que também faz parte da rede – a cuidar dos animais, ganha a mesma quantidade de horas que dedicou a ele. Esse tempo poderá ser gasto do jeito que você quiser, basta encontrar alguém no site que esteja disposto a ajudá-lo.

Trata-se de uma prática mais conhecida como consumo colaborativo, na qual é possível cadastrar talentos e oferecê-los para a comunidade em troca das habilidades dos outros usuários.

Como várias pessoas estão envolvidas com a rede social, as atividades variam bastante! É possível encontrar desde professores a terapeutas de Reiki. O mais bacana é que o tempo é um recurso democrático. Então a hora do médico vale o mesmo que a hora do músico, do engenheiro e do pedreiro.

Veja o vídeo que explica a iniciativa:


*Timerepublik

comments powered by Disqus