Notícias
pesca responsável

Cientistas estudam pesca sustentável de atum

Kátia Arima - National Geographic Brasil - 10/05/2011

Um grupo de cientistas, pescadores e representantes da indústria de pesca embarcam hoje (10) em um barco em Manta, no Equador, para um projeto de redução do impacto ambiental da pesca do atum

O projeto é da International Seafood Sustainability Foundation (ISSF), organização global formada por cientistas, representantes da indústria do atum e da World Wildlife Fund (WWF), que quer promover melhorias para manter a atividade comercial sem comprometer o ecossistema marinho. Os atuneiros, barcos de pesca de atum, utilizam redes de arrasto e objetos flutuantes para atrair cardumes, chamados de FADs. Porém, 5% da pesca de um atuneiro é de espécies sem interesse comercial, como tubarões e tartarugas. 

Nessa primeira viagem, o grupo vai permanecer durante dois meses no Oceano Pacífico oriental, a bordo do atuneiro Yolanda L. A região foi escolhida porque uma espécie de atum que está ameaçada, a Thunnus obesus, sofre muito impacto da redes de arrasco dom FADs. Outras viagens da equipe estão programadas para as regiões do Pacífico central e Oceano Atlântico. 

Os cientistas pretendem filmar os atuns atraídos pelos FADs para analisar seu comportamento, com a esperança de poder entender o que faz cada espécie ser atraída pelo FAD. Dessa forma, será possível fazer uma pesca seletiva apenas das espécies de interesse.

comments powered by Disqus