Notícias
tecnologias verdes

País terá maior usina de etanol do mundo

Redação - INFO Online - 18/08/2011

A Petrobras Biocombustível e o Grupo São Martinho, que formam a joint venture Nova Fronteira Bioenergia, anunciaram ontem (17), em São Paulo, que vão investir R$ 520,7 milhões para ampliar a capacidade de moagem da usina Boa Vista, localizada no município goiano de Quirinópolis. O objetivo é elevar a capacidade de processamento da cana-de-açúcar de 2,3 milhões de toneladas (estimativa de moagem da safra 2011/2012) para 8 milhões de toneladas na safra 2014/2015.

Segundo o presidente da Petrobras Combustível, Miguel Rosseto, o projeto marca o início de um novo ciclo de investimentos para a empresa. "Esse é um dos investimentos. Seguimos estudando outros investimentos, ou seja, iniciamos um ciclo de investimentos", disse Rosseto, durante entrevista coletiva concedida em São Paulo.

Do total de investimentos, R$ 430,5 milhões serão direcionados para a aquisição de equipamentos industriais e R$ 90,2 milhões para aparelhagem agrícola. A previsão é que em 2014, cerca de 70% do total da produção da usina tenha como origem cana-de-açúcar própria.

Com o investimento, a Usina Boa Vista vai produzir 700 milhões de litros de etanol e gerar 600 mil megawatts/hora de energia elétrica, além de criar 3 mil empregos na região. "Ela passará a ser, com certeza, a maior destilaria de etanol de cana do Brasil e com certeza, a maior destilaria do mundo em etanol de cana-de-açúcar", afirmou Fábio Venturelli, presidente da Nova Fronteira Energia.

Segundo Venturelli, grande parte do investimento, em torno de 70%, virá de investimento do Banco Nacional de Desenvolvimento Social e Econômico (BNDES) e uma parte do próprio fluxo de caixa da usina que já está em operação.

"Com um investimento como esse, queremos colaborar com uma mudança de agenda: trocando a agenda de crise de oferta [de combustível] para uma agenda de produção da oferta", disse Rosseto.

O plano de negócios 2011-2015 da Petrobras Biocombustível, subsidiária da Petrobras que atua no segmento de produção de biocombustíveis, prevê investir US$ 1,9 bilhão em produção de etanol, com meta de chegar a um volume de 5,6 bilhões de litros em 2015.

comments powered by Disqus