Notícias
ressaca do feriado

ONG coleta 292 kg de lixo no mar de Salvador, após Carnaval

Débora Spitzcovsky - Planeta Sustentável - 11/03/2014

[img1]

[box-leia]Latinhas de cerveja, garrafas PET, pedaços de abadás, espetinhos, preservativos, absorventes, estojos de maquiagem... A lista de resíduos recolhidos pelo Projeto Fundo Limpo no mar da Barra, em Salvador, após o feriado de Carnaval é extensa. 

Na quinta-feira (6), enquanto muita gente ainda estava curtindo a ressaca da folia, 33 mergulhadores voluntários - acompanhados por seis bombeiros e três salva-vidas - foram para o fundo do oceano recolher o lixo dos foliões menos conscientes. E, pelo visto, eles ainda são muitos: em 3h30 de mergulho, a ONG coletou 292 kg de resíduos nas águas das quatro praias que banham o mar da Barra. 

O montante é menor do que o do Carnaval 2013, quando o projeto tirou da água 915 kg de lixo. No entanto, a quantidade de resíduos quase duplicou: foram coletados 2.162 objetos, contra 1.284 no ano passado. "Esperávamos um saldo positivo e ele não veio. É um resultado bastante preocupante. Afinal, não existe mais a falta de informação", diz Lis Braga, diretora de Comunicação do Projeto Fundo Limpo. Ela atribui o aumento da quantidade de resíduos jogados no mar a um novo hábito observado nos foliões da Bahia: o de ir beber cerveja dentro da água e deixar a latinha por lá. 

As latas de bebidas - sobretudo alcóolicas - foram o terceiro tipo de lixo mais encontrado no fundo do mar no período de Carnaval, perdendo apenas para objetos plásticos e de madeira - principalmente garrafas PET e espetinhos de churrasco. A quantidade de absorventes, peças de roupa e preservativos (novos e usados) também chamou a atenção dos mergulhadores. 

Para ter certeza de que todo o lixo coletado era ressaca do Carnaval, um dia antes do início dos eventos carnavalescos em Salvador, a equipe do Projeto Fundo Limpo mergulhou para limpar o mar da Barra e tirou da água 422,3 kg de resíduos. Até o fim do ano, a ONG ainda realizará outras duas limpezas nas quatro praias da região: uma no período do inverno e outra durante o Clean Up Day, em setembro.

comments powered by Disqus