Notícias
INCLUSÃO

Negócios atrás das grades

Redação* - Você S.A. - 05/2014

[img1][img2][box-leia]*Esta notícia faz parte da seção "Agora Mundo" que reúne textos de Anna Carolina Rodrigues, Cibele Reschke, Elisa Tozzi e Mariana Amaro

Empreendedores de redes sociais conhecidas, como Quora e LinkedIn, visitaram nos últimos meses a penitenciária americana de San Quentin, onde foram ensinar inovação para os detentos.

Trata-se de um programa de reabilitação de seis meses de duração, que desde 2010 seleciona dez prisioneiros para aprender a desenvolver startups dentro da prisão.

Dessa maneira, podem conseguir uma melhor inserção no mercado de trabalho quando terminam de cumprir suas penas. San Quentin fica a uma hora de carro do Vale do Silício.

Tags: