Notícias
qualidade do ar

Nasa registra camada de poluição sobre a China

Vanessa Daraya - INFO Online - 16/01/2013

[img1]

 

 

A Nasa divulgou nesta terça-feira (15) uma imagem de satélite que exibe a espessa camada de poluição em Pequim, a capital da China. A névoa registrada desde o fim da última semana já alcançou níveis perigosos para a contaminação do ar.

O satélite responsável por capturar as imagens é o Modis. Um comparativo permite visualizar como estava Pequim em 3 de janeiro e mais recentemente, no dia 14. É possível notar uma diferença da poluição sobre a cidade pela nuvem de fumaça em tons mais cinzas, cor natural obtida pelo satélite.

Pelo padrão da OMS - Organização Mundial de Saúde, a concentração média de partículas de poluição é de 25 microgramas por metro cúbico. No sábado (12), o pior dia, alguns pontos da cidade registraram 993 microgramas.

A OMS adverte que a exposição prolongada a uma alta concentração de poluição aumenta o risco de doenças respiratórias e cardiovasculares. As partículas podem se alojar nos pulmões e até mesmo na corrente sanguínea.

Segundo a Agência EFE, a contaminação multiplicou os casos de problemas cardíacos e respiratórios registrados nos hospitais. Além disso, aumentou as vendas de máscaras e máquinas para filtragem do ar. Diante desse cenário, as autoridades locais recomendaram que crianças e idosos permanecessem em casa.

Veja abaixo a comparação entre as fotos. A primeira mostra a camada de poluição sobre Pequim. A imagem abaixo mostra a mesma região em 3 de janeiro:

 

 

[img2]



[img3]