Notícias
mudanças climáticas

Nasa confirma degelo recorde no Oceano Atlântico

Vanessa Daraya - INFO Online - 29/08/2012

Uma extensa camada de gelo que cobre o Oceano Ártico derreteu este ano a níveis inéditos. Os dados foram confirmados pela Nasa por meio de um estudo feito em parceria com o National Snow and Ice Data Center (NSIDC), dos Estados Unidos.

Segundo a Nasa, a quantidade de gelo derretido é a maior já observada nas três décadas desde que as observações de satélite começaram no local. A extensão da cobertura de gelo chegou a 4,09 milhões de quilômetros quadrados. Esse dado quebra o recorde anterior, de 4,17 milhões de quilômetros quadrados, em 2007.

Antes, os pesquisadores acreditavam que o recorde de 2007 havia sido uma exceção. Porém, o recorde de 2012 pode indicar algo mais alarmante sobre o degelo no local. Afinal, os cientistas acreditam que essa marca deve atingir níveis cada vez piores.

O gelo do Ártico ajuda a moderar as temperaturas do hemisfério norte durante o verão e o inverno. O degelo pode aumentar a probabilidade de eventos meteorológicos extremos, como secas, enchentes e ondas de calor.

A camada de gelo do Oceano Ártico cresce naturalmente durante os invernos. Porém, encolhe quando as temperaturas sobem na primavera e no verão. Ao longo das análises, os satélites têm observado um declínio de 13% da quantidade de gelo no local a cada década.

comments powered by Disqus