Notícias
mudanças do clima

Mundo sofre aumento de eventos climáticos extremos

Débora Spitzcovsky - Planeta Sustentável - 05/07/2013

[img1]

[box-leia]Entre 2001 e 2010, o planeta Terra registrou aumento sem precedentes de eventos climáticos extremos, como ondas de calor, secas e, sobretudo, inundações. A conclusão é do relatório O Clima Global de 2001 a 2010: uma década de eventos climáticos extremos, produzido pela Organização Meteorológica Mundial (OMM) das Nações Unidas. 

De acordo com os pesquisadores envolvidos no estudo, esses eventos extremos podem, sim, ser atribuídos a variações naturais do clima do planeta, mas também receberam influência do aumento das emissões de gases do efeito estufa, provocado pelo homem. "As concentrações crescentes de poluentes que retêm o calor estão transformando nosso clima, com as mudanças que isso implica para o meio ambiente e os oceanos", aponta Michel Jarraud, secretário-geral da OMM, em documento oficial que marcou o lançamento do relatório. 

As vítimas de eventos extremos climáticos também aumentaram na última década: 370 mil pessoas morreram por causa dos episódios. O número é 20% maior do que o divulgado pela ONU entre 1991 e 2000. 

Entre os episódios mais marcantes da última década, ocasionados por conta das mudanças climáticas, a OMM destacou:
- as ondas de calor que atingiram a Europa em 2003 e a Rússia em 2010;
- os furacões dos EUA, como o Katrina e
- o ciclone Nargis, em Mianmar. 

Confira o relatório O Clima Global de 2001 a 2010: uma década de eventos climáticos extremos, em inglês.

comments powered by Disqus