Notícias
pegada ecológica

Mudança na alimentação do gado reduz emissões de GEE

Olavo Guerra - National Geographic Brasil - 30/03/2011

Uma pesquisa realizada pela Universidade de Reading, na Inglaterra, e pelo Instituto de Biologia Ambiental e Ciência Rural inglês mostra que uma mudança na dieta dos animais de fazenda poderia reduzir as emissões de gases que causam o efeito estufa.

Segundo os cientistas, uma vaca poderia emitir 20% menos metano (CH4) para cada litro de leite produzido se fosse alimentada por colza - uma planta usada na alimentação de bovinos, também conhecida por couve-nabiça (Brassica napus) - triturada.

O estudo diz ainda que o aumento de 25% a 75% de silagem de milho na alimentação de vacas pode reduzir em 6% a emissão de metano por litro de leite, a pastagem em gramas com alto teor de açúcar também pode reduzir em até 20% a emissão do gás para cada quilo que o animal acumular. E mais: uma dieta com um tipo de aveia para ovelhas pode reduzir em um terço a emissão de metano.

De acordo com o Departamento de Agricultura, Alimentos e Questões Rurais britânico, a agricultura contribui com 9% de toda a emissão de gases de efeito estufa no Reino Unido - metade disso vem de ovelhas, vacas e cabras. A emissão de metano representa ainda mais: 41% de toda a Grã-Bretanha.

comments powered by Disqus