Notícias
fotossíntese artificial

MIT desenvolve folha artificial que imita fotossíntese

Kátia Arima - National Geographic Brasil - 29/03/2011

Cientistas do MIT (Massachusetts Institute of Technology), nos Estados Unidos, criaram uma folha artificial, capaz de imitar o processo de fotossíntese.

A folha artificial é uma célula solar com um formato semelhante ao de uma carta de baralho, construída com uma placa metálica, componentes eletrônicos e catalisadores de níquel e cobalto. Ela é colocada em um recipiente com água, para transformar as moléculas de água em gases hidrogênio e oxigênio. Esses gases são armazenados em uma célula combustível, para produzir eletricidade.

O coordenador do projeto, Daniel Nocera, apresentou o estudo em um encontro nacional da Sociedade Americana de Química, na Califórnia, Estados Unidos. Ele afirma que a folha artificial é o "Santo Graal da ciência" há décadas. Segundo ele, o estudo abre caminho para o desenvolvimento de uma fonte barata de energia elétrica, para ser usada em países em desenvolvimento. Exposta à luz do dia, mergulhada em água, a folha artificial é capaz de produzir eletricidade para sustentar uma casa de um país em desenvolvimento por um dia inteiro, diz o pesquisador.

As folhas artificiais não são novidade. Mas esse projeto do MIT tem a diferença de usar materiais baratos, além de ser mais estável: o protótipo funcionou continuamente durante 45 horas, sem variação no desempenho. Segundo Nocera, o processo de fotossíntese artificial é dez vezes mais eficiente do que o de natural.

comments powered by Disqus