Notícias
após aprovação

Ministério ainda avalia impacto do novo Código Florestal

José Carlos Oliveira/Rádio Câmara - Edição: Marcelo Westphalem - Agência Câmara de Notícias - 26/04/2012

O secretário de Biodiversidade e Florestas do Ministério do Meio Ambiente, Roberto Brandão Cavalcanti, lembrou há pouco que a ministra Izabella Teixeira já havia se manifestado a favor da proposta do novo Código Florestal aprovada no Senado. Segundo o secretário, as mudanças feitas ontem pela Câmara ainda estão em análise. Ele lembrou que, apesar das críticas, o texto ainda tem preceitos de proteção ambiental, e que "é com eles que o ministério vai trabalhar".

O professor da Universidade de Brasília Sérgio Sauer afirmou que o argumento de que o meio ambiente é empecilho à produção agropecuária foi um "engodo" amplamente usado na aprovação, pela Câmara, deste novo código. Porém, segundo ele, a desproteção ambiental vai gerar exatamente o contrário: insegurança alimentar e rompimento dos pressupostos de uso socioambiental da terra.

Os especialistas participam de audiência pública das comissões de Meio Ambiente da Câmara e do Senado para avaliar os impactos da aplicação do novo Código Ambiental. O parecer do relator Paulo Piau (PMDB-MG) foi aprovado ontem pelo Plenário da Câmara e segue agora para a sanção presidencial.

comments powered by Disqus