Notícias
tecnologia

Marido salva vida da esposa com impressão 3D

Bruna Mesquita - INFO Online - 16/01/2015

[img1][box-leia]Em maio de 2014, a esposa de Michael Balzer, dono de uma empresa de impresoras 3D, foi diagnosticada com um tumor cerebral e desencorajada pelos médicos a passar por um procedimento cirúrgico de remoção. Entretanto, Balzer não aceitou o diagnóstico e decidiu analisar os exames de sua mulher para encontrar uma solução. Mais tarde, Balzer pensou em usar a impressão 3D para ajudar os especialistas na operação.

Pamela Shavaun Scott, esposa de Balzer, descobriu um meningioma, atrás do olho esquerdo, em um exame de rotina. O tumor cerebral costuma se desenvolver de modo lento e geralmente é benigno. Para os médicos, apenas era necessário acompanhamento, eliminando a possibilidade de cirurgia por ser um caso sem risco e comum entre as mulheres de sua idade. Inconformado com a recomendação médica, Balzer decidiu buscar outras opiniões.

Ele enviou os exames para outros neurologistas e o resultado foi o mesmo. Sem desistir, avaliou os resultados sozinho e recriou o crânio de Pamela em uma impressora 3D, quando descobriu que o tumor estava com um tamanho de 3 centímetros.

Com o modelo do crânio, Balzer procurou novamente os médicos e encontrou uma equipe de neurocirurgiões na Universidade de Pittsburgh, nos Estados Unidos, especializada em cirurgias delicadas, e enviou os exames e a impressão 3D para nova análise médica.

Desse modo, os médicos tinham um aspecto mais preciso do tumor e o conhecimento de como removê-lo. No momento da cirurgia eles usaram braços robóticos para uma técnica minimamente invasiva. A tecnologia foi essencial para que os médicos conseguissem remover 95% do tumor. Pamela pôde retornar a suas atividades dois dias depois.

No Brasil, técnicas de impressão 3D que auxiliam médicos em procedimentos cirúrgicos já são usadas e a revista INFO abordou o assunto em sua edição de outubro de 2014.

comments powered by Disqus
Tags: