Notícias
cidadania

Manifestantes contra a corrupção ocupam vão do Masp

Bruno Bocchini - Edição: Aécio Amado - Agência Brasil - 13/10/2011

Centenas de pessoas ocuparam no início da tarde de ontem (12) parte do vão do Museu de Arte de São Paulo (Masp) em uma manifestação contra a corrupção. Com faixas, cartazes e apitos, eles pediam, principalmente, a aplicação da Lei da Ficha Limpa nas eleições de 2012, e o voto aberto em todas as votações do Congresso Nacional.

O ato, segundo a Polícia Militar, reuniu cerca de mil pessoas, interrompeu o tráfego em quatro das oito faixas da Avenida Paulista. A maioria das faixas e cartazes levados pelos manifestantes trazia frases como: "Corrupção é Crime", "Até Quando Você Não Vai Fazer Nada?" e "Mensaleiro na Cadeia".

"Viemos para mostrar que não estamos totalmente passivos em relação a tudo o que acontece no país. Temos que começar a fazer alguma coisa", disse a estudante Carolina Diniz, que estava acompanhada de duas. Elas ficaram sabendo da manifestação pelo Facebook.

Bruno Benfica, analista de sistema - que também soube do protesto pela rede social - disse apoiar a manifestação, mas criticou a "superficialidade" do ato. Segundo ele, faltava à manifestação fatos concretos contra o que protestar. "Está se cobrando contra a corrupção, mas ninguém sabe do que que se está falando exatamente. Político corrupto virou uma generalização, mas o pessoal não se interessa por política efetivamente. Falta a juventude se aprofundar um pouco mais para saber exatamente o que está acontecendo", disse.

comments powered by Disqus