Notícias
literatura

‘Malala - A menina que queria ir para a escola’ conta para as crianças a história da ganhadora do Nobel da Paz

Suzana Camargo - Planeta Sustentável - 15/05/2015

[img1][box-leia]Malala Yousafzai nasceu no Vale do Swat, no Paquistão. Sempre adorou os livros. Não perdia por nada as aulas na escola fundada pelo pai. Mas aos 10 anos, tudo mudou. A região onde sua família morava foi dominada pelo grupo extremista islâmico Talibã. Com a chegada deles, veio a proibição: meninas não poderiam mais frequentar a escola.

A trajetória de jovem paquistanesa, que quase foi assinada pelo Talibã e no ano passado ganhou o Prêmio Nobel da Paz, juntamente com o indiano Kailash Satyarthi, é contada na publicação infantil "Malala - A menina que queria ir para a escola", da jornalista Adriana Carranca.

No livro-reportagem, editado pela Cia. das Letrinhas, a autora escreve sobre sua visita ao Vale do Swat pouco depois do atentado. Revela tudo o que viu e aprendeu por lá. Malala é a pessoa mais jovem a ter recebido o Prêmio Nobel da Paz.

Adriana Carranca é repórter especial do jornal O Estado de S. Paulo. Cobriu a guerra no Afeganistão e acontecimentos importantes no Paquistão, Irã, Egito, Israel, territórios palestinos, Haiti, México, Uganda e Sudão do Sul, entre outros. Já lançou outros livros sobre estas zonas de conflito.

O lançamento de "Malala - A menina que queria ir para a escola" será realizado amanhã (16/05), na Livraria da Vila, na Alameda Lorena, em São Paulo, das 16h às 19h. A autora estará presente para uma sessão de autógrafos.

LANÇAMENTO "MALALA - A MENINA QUE QUERIA IR PARA A ESCOLA"
Data: sábado, 16/05
Horário: 16h às 19h
Local: Livraria da Vila
Endereço: Alameda Lorena, 1731 - Jardins - São Paulo, SP

comments powered by Disqus
Tags: