Notícias
only_point_five/Creative Commons Mais de 90% dos corais do Caribe estão mortos
recifes ameaçados

Mais de 90% dos recifes de corais do Caribe estão mortos

Marcela Puccia Braz - National Geographic Brasil Online - 11/09/2012

A cobertura média de corais nos recifes do Caribe caiu para alarmantes 8%, segundo a IUCN  - União Internacional para a Conservação da Natureza, na sigla em inglês. O relatório da organização ambiental, divulgado em 7 de setembro, apontou para poluição, pesca predatória e aumento da temperatura dos oceanos como responsáveis por este declínio.

Nos anos 1970, a região ainda tinha mais de 50% de cobertura viva nos recifes. Agora se sabe que 92% das áreas têm apenas rochas com algas e animais marinhos restantes. O texto, que foi apresentado durante o Congresso Mundial sobre Conservação, alerta que a taxa de deterioração dos corais vivos não mostra sinais de desaceleração, embora áreas remotas como as Antilhas Holandesas e as Ilhas Cayman ainda tenham 30% de corais vivos.

Esses locais estão menos expostos ao impacto das ações humanas e a fenômenos naturais, como furacões. Mas doenças e branqueamento dos corais estão ligados à elevação da temperatura da água, causada pela queima de combustíveis fósseis.

A IUCN pede limitação da pesca, extensão das áreas de proteção marinha e redução da dependência global de combustíveis fósseis. A organização pretende fortalecer os dados sobre a diminuição dos recifes de corais no mundo, com métricas universais e um banco de dados acessível a todos. O resultado dos estudos que estão sendo feitos estará completo e disponível até 2016.

comments powered by Disqus