Notícias
Nível de lixo espacial na órbita da Terra chegou ao limite
perigo no espaço

Nível de lixo espacial na órbita da Terra chegou ao limite

Débora Spitzcovsky - Planeta Sustentável - 05/09/2011

Estudo divulgado pelo Conselho Nacional de Pesquisa dos EUA revelou que a quantidade de lixo espacial na órbita do planeta atingiu nível excessivo, que pode colocar em risco o funcionamento dos satélites e, até mesmo, a vida dos astronautas. 

Entre os detritos espaciais citados na publicação estão carcaças de foguetes, satélites antigos e nuvens de fragmentos minúsculos, que atualmente voam ao redor da Terra a uma velocidade de mais de 28 mil km/h, representando risco contínuo de colisão com espaçonaves e satélites. 

Segundo os pesquisadores, para reverter a situação, é necessário criar novas regulamentações internacionais para limitar a produção de lixo espacial e, ainda, incentivar estudos sobre a possível implantação de grandes placas metálicas no espaço, que possam atrair os detritos. 

A pesquisa ainda aponta a agência espacial norte-americana NASA como a principal responsável pelo nível crítico de lixo espacial na órbita do planeta.

O estudo Limiting Future Collision Risk to Spacecraft: an assessment of NASA's meteoroid and orbital debris programs está disponível, na íntegra, em inglês.

comments powered by Disqus