Notícias
oscar 2013

O lado verde do tapete vermelho do Oscar

Vanessa Barbosa - Exame.com - 25/02/2013



[box-leia]A maior festa da indústria cinematográfica está mais ecofriendly. Nos últimos sete anos, os organizadores do Oscar têm adotado soluções que ajudam a reduzir a pegada ecológica da cerimônia. É um trabalho de bastidores que passa despercebido aos olhos dos quase 1 bilhão de espectadores que acompanham a premiação pela telinha, mas que faz toda a diferença.

"Quando uma organização culturalmente influente como o Academy Awards adota práticas mais verdes, os benefícios são em dose tripla", diz Allen Hershkowitz, cientista da NRDC - Natural Resources Defense Council -, uma das maiores ONGs dos Estados Unidos.

"Primeiro, a compra de produtos ecológicos e serviços inteligentes gera ganhos ambientais diretos para a festa e os envolvidos. Segundo, ao divulgar suas ações, o evento diz para os fãs que ser mais verde é uma parte importante de como essas organizações fazem negócios. E, finalmente, elas enviam a mensagem poderosa para a cadeia de formecedores de que sustentabilidade é prioridade", explica.

Desde 2007, Hershkowitz assessora os organizadores do Oscar nas estratégias sustentáveis da festa. Em seu blog, na página da NRDC, ele listou algumas das credenciais ecológicas da 85ª premiação do Oscar:

ENERGIA
Um evento do porte do Oscar consome grande quantidade de energia. Pensando nisso, a organização recorreu a fontes renováveis para o fornecimento de eletricidade ao longo das duas semanas de preparativos e montagem de cenário. Toda a demanda foi garantida por um mix de fontes: energia eólica, células de combustão a hidrogênio e geradores movidos a biocombustível.

RECICLAGEM E LIXO
Marca registrada do Oscar, o tapete vermelho é feito 100% de conteúdo reciclado que foi aproveitado do ano anterior e que será reutilizado para a cerimônia de 2014. A preocupação com a reciclagem não para aí: das cerca de 50 toneladas de resíduos "não alimentares" produzidos pela festa e eventos relacionados, 70% serão reciclados ou reutilizados.
Além disso, nas áreas de produção e bastidores, garrafas de água descartáveis foram eliminadas (os funcionários receberam garrafas reutilizáveis), e lixeiras de reciclagem estavam facilmente acessíveis nas áreas de trabalho do Teatro Dolby.

PAPEL CERTIFICADO
Os encartes de programação, convites, envelopes e passes de estacionamento foram impressos em papel certificado pelo FSC, que incluiu pelo menos 10 por cento de reciclado. A certificação florestal é uma garantia de que a madeira utilizada em determinado produto é oriunda de um processo produtivo manejado de forma ecologicamente adequada, socialmente justa e economicamente viável.

BANQUETE
O menu da festa oficial pós Oscar, o Governors Ball, também teve uma pitada "verde" como ingrediente. No banquete, foram servidos alimentos produzidos por mais de 80 agricultores locais e frutos do mar com certificação de pesca sustentável. Ao optar por alimentos locais, a organização do evento reduz consideravelmente as emissões de gases, já que não é preciso transportar os produtos por longas distâncias.


Foto: Beacon / Creative Commons

Leia outras notícias: 17/04/2014 - Aquário Morto de Eduardo Srur incentiva limpeza das praias, em SP 17/04/2014 - Pescador norueguês encontra dildo dentro de peixe 17/04/2014 - Próximo eclipse total da Lua visível no Brasil será em 2015 17/04/2014 - Sabesp reduz pressão da água fornecida durante madrugada 16/04/2014 - Prêmio Jabuti 2014 recebe inscrições até 30/06 16/04/2014 - Como está o nível das reservas de água em São Paulo 16/04/2014 - Poluição atmosférica pode reduzir quantidade de proteínas nos alimentos 16/04/2014 - Ribeirinhos da Amazônia apostam na pesca sustentável 16/04/2014 - Chega de carro da Idade da Pedra, diz Greenpeace 15/04/2014 - Oceano mais ácido confunde instinto de sobrevivência dos peixes, diz estudo

Veja todas

Clique e faça o download

Revista do clima Material de etiqueta

Clique e faça o download

Material de etiqueta