Notícias
Creative Commons Itália condena cientistas à prisão por terremoto destruidor
polêmica

Itália condena cientistas à prisão por terremoto destruidor

Vanessa Barbosa - Exame.com - 23/10/2012

Uma sentença de um tribunal italiano mobiliza a comunidade científica. Nesta-segunda-feira, seis cientistas do país foram condenados a seis anos de prisão por não terem alertado à população de L´Aquila sobre os riscos reais de um forte terremoto atingir a cidade em 2009, como de fato ocorreu no dia 6 de abril daquele ano, matando pelo menos 300 pessoas.

 

Durante o julgamento, que durou mais de um ano, a promotoria disse que os réus forneceram informações "incorretas, incompletas e contraditórias" na avaliação de risco do tremor que realizaram uma semana antes do terremoto de 6,3 graus na escala Ritcher que atingiu a cidade. Eles faziam parte da Comissão de Grandes Riscos do país.

O veredicto judicial, que os condenou por homício culposo (quando não há intenção de matar), alarmou cientistas ao redor do mundo, que dizem que a ciência não consegue prever com grade precisão terremotos ou outros desastres naturais, reporta a CBS News. A imprevisibilidade dos terremotos foi inclusive a tese sustentada pela defesa, que apresentou a opinião de vários especialistas que concordam com a mesma alegação.

Entre os seis cientistas condenados estão profissionais de renome, como o professor Enzo Boschi, ex-presidente do Instituto Nacional de Geofísica e Vulcanologia do país e também um oficial, o vice-diretor da Defesa Civil, Bernardo de Bernardinis, diz a BBC News. Advogados disseram que vão recorrer da sentença.

comments powered by Disqus