Notícias
tratamento de doença

Ioga pode ser aliada no combate ao câncer de mama

Redação - Veja.com - 12/03/2014

[img1]

[box-leia]A prática de ioga pode ser aliada de mulheres submetidas ao tratamento contra o câncer de mama. De acordo com um novo estudo americano, a atividade melhora a qualidade de vida dessas pacientes pois reduz sensação de cansaço, efeito adverso comum da terapia contra o tumor, e diminui os níveis de cortisol, hormônio relacionado ao stress – pesquisas já mostraram que essa redução está ligada a uma vida mais saudável e longeva.

“A ioga tem um grande impacto na sensação de bem-estar nas pacientes com câncer de mama – e isso as ajuda a enfrentar a doença”, diz Lorenzo Cohen, diretor do programa de medicina integrativa da Universidade do Texas e um dos autores do estudo, que foi publicado nesta terça-feira no periódico Journal of Clinical Oncology.

O estudo avaliou 163 mulheres com câncer de mama que estavam passando por radioterapia. Parte das voluntárias passou a praticar ioga uma hora por dia e três vezes por semana. Outras participantes foram orientadas a fazer, com a mesma frequência, aulas de alongamento. O restante não realizou nenhuma atividade.

GRUPOS
Durante seis meses, todas as pacientes mantiveram diários para relatar como se sentiam em relação à depressão e ao cansaço. Além disso, os pesquisadores coletaram, no início e no fim do estudo, amostras de saliva das mulheres para medir seus níveis de cortisol no corpo.

De acordo com os autores da pesquisa, entre todas as participantes, as mulheres que praticaram ioga foram as que apresentaram a maior redução nos níveis de cortisol. Elas também foram as únicas que relataram uma melhora em relação ao cansaço causado pelo tratamento.

“A ioga ajuda as mulheres com câncer de mama a descobrir melhor o seu corpo e a relaxar e a acalmar a mente”, diz Cohen. Para o pesquisador, as mulheres devem procurar o tipo de ioga que mais combina com elas antes de ingressarem na atividade.

Tags: