Notícias
se não chover...

Interior de SP pode enfrentar racionamento de água

Vanessa Barbosa - Exame.com - 04/02/2014

[img1]

[box-leia]O menor índice de chuvas em décadas e o aumento do consumo de água podem levar a um racionamento no interior do Estado. Segundo reportagem do jornal Folha de S. Paulo, o rodízio é tido como "inevitável" na cidade de Campinas se não chover nos rios da região até o dia 20.

Piracicaba, Limeira, Rio Claro, São Carlos e Descalvado, na região de Ribeirão Preto, também enfrentam problemas. Em entrevista ao jornal, Francisco Lahoz, secretário-executivo do PCJ, consórcio das bacias dos rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí, compara o quadro extremo a "à pior estiagem de todos os tempos, que foi em 1952, no inverno".

De acordo com a reportagem, o volume do rio Piracicaba tinha apenas 10% da média histórica para fevereiro nesta segunda-feira.

ECONOMIA DE ÁGUA
Falta de chuva e calor levaram, ontem, o principal reservatório da cidade a registrar 21,4% de armazenamento, seu menor nível em uma década.

A Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) divulgou no último sábado, que dará desconto na conta de água aos moradores da Grande São Paulo que reduzirem o consumo para 128 litros por dia.

Em média, um paulistano gasta 161 litros por dia de água, mas no litoral, segundo a Sabesp, o volume pode chegar a 350 litros.