Notícias
pjah73/Creative Commons
reino animal

Iguana-azul é recuperado em Grand Cayman

Olavo Guerra - National Geographic Brasil - 18/08/2011

Cientistas da Wildlife Conservation Society (WCS), em parceria com moradores locais e outras ONGs, ajudaram na recuperação do iguana-azul em Grand Cayman, a maior ilha do arquipélogo das Ilhas Cayman. O réptil, que pesa cerca de 11 quilos e mede aproximadamente 1,5 metro, vivia em abundância no local, mas com a invasão do homem em seu hábitat, perdeu seu espaço e, em 2002, pesquisadores estimaram que pouco mais de 20 lagartos dessa espécie estavam soltos na natureza.

O Blue Iguana Recovery Program (Programa de Recuperação da Iguana-Azul, na tradução livre), iniciado em 2002, ajudou na restauração da espécie. Hoje, em torno de 500 iguanas vivem livres na reserva Salina, de acordo com a WCS.

Para chegarem a esses números, pesquisadores mantinham iguanas-azuis em cativeiro até completarem dois anos, quando são grandes o suficiente para se protegerem de predadores. Depois, os animais eram liberados dentro da reserva Salina e monitorados pelos cientistas.

Por conta do sucesso do programa em Salina, os pesquisadores estão utilizando outra reserva para deixar os lagartos, em uma nova área de proteção chamada reserva Colliers Wilderness. A meta dos envolvidos no projeto é atingir a marca de mil animais soltos na natureza em poucos anos.

comments powered by Disqus