Notícias
energia

Ibama autoriza início da operação da Usina Santo Antônio

Luana Lourenço - Edição: João Carlos Rodrigues - Agência Brasil - 16/09/2011

O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) autorizou o início da geração de energia da Usina Hidrelétrica Santo Antônio, no Rio Madeira (RO). A licença de operação foi assinada quarta-feira (14) pelo presidente do instituto, Curt Trennepohl.

O Ibama recomendou que o enchimento do reservatório - que começou ontem (15) - seja feito em três etapas para assegurar a qualidade da água e a sobrevivência dos peixes que vivem no Rio Madeira. O reservatório deverá estar cheio em meados de novembro, quando a água chegar a 70,5 metros. Após o enchimento, as turbinas podem começar a funcionar.

Além de proteger a fauna aquática, o enchimento gradual do lago também facilita a retirada de animais que vivem nos 546 quilômetros quadrados que serão inundados. Segundo o Ibama, as espécies capturadas serão devolvidas à floresta em área próxima. Os animais que precisarem de atendimento veterinário serão encaminhados ao Centro de Triagem, instalado na Universidade de Rondônia.

Santo Antônio terá capacidade instalada de 3.150 megawatts e é operada pelo consórcio Santo Antônio Energia, formado pela Andrade Gutierrez, Furnas Eletrobras, Cemig, Odebrecht e Banif.

O consórcio terá que pagar R$ 56 milhões de compensação ambiental, o equivalente a 0,5% do valor de referência do projeto. O Comitê de Compensação Ambiental Federal está avaliando qual será a destinação dos recursos.

Junto com a Usina Hidrelétrica Jirau, Santo Antônio forma o Complexo Hidrelétrico do Rio Madeira, um dos principais empreendimentos energéticos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

comments powered by Disqus